Barcelona mudou o técnico, mas uma coisa não muda: ainda é o time de Messi

Goal.com
Jean-Clair Todibo diz que todos os jogadores catalães sabem que o camisa 10 não pode se lesionar
Jean-Clair Todibo diz que todos os jogadores catalães sabem que o camisa 10 não pode se lesionar

Não houve revolução nos onze do Barcelona com a chegada de Quique Setién ao comando da equipe. Na verdade, poupou Clément Lenglet para o jogo contra o Valencia e colocou Samuel Umtiti, sem mudar muito o time que ainda não havia vencido em 2020. Recuperou o controle da bola e o toque de primeira, mas assim como acontecia com Ernesto Valverde, voltou a pecar com falta de ideias para criar perigo ao adversário. É sintomático que, durante o primeiro tempo, tenha dado apenas dois chutes à gol, um de Ansu Fati e outro de Arturo Vida, ambos precedidos por jogadas de Lionel Messi.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também