Barcelona estaria de olho em Gabriel Martinelli na Copa do Mundo

O clube de futebol Barcelona estaria de olho na atuação de Gabriel Martinelli, de 21 anos, pela seleção brasileira na Copa do Mundo no Catar. De acordo com o portal espanhol Sport, o Barça está analisando jogadores de projeção com experiência internacional. A partir de junho de 2023, o contrato do atacante com o time inglês Arsenal duraria mais um ano caso seja renovado. Ainda segundo o site, Martinelli tem dito que se sente confortável em Londres, mas também estaria ciente do interesse do clube blaugrana.

Martinelli, nascido em Guarulhos (SP) em 18 de junho de 2001, passou pelas categorias de base do Corinthians. Dos 10 aos 13 anos, migrou do futsal para o futebol de campo e foi um dos principais nomes da base do Timão, com 73 gols em 139 jogos, até deixar o clube por uma decisão familiar. O atleta, então, partiu para Itu e continuou tendo destaque.

Revelado pelo Ituano, Gabriel Martinelli, que somou dez gols e seis assistências, em 31 jogos, se transferiu aos 18 anos para o Arsenal, em 2019, com um acordo de seis milhões de libras (cerca de R$ 30 milhões, na cotação da época) e se tornou o 10º brasileiro na história a vestir a camisa dos Gunners. Anteriormente, passaram por lá Edu Gaspar, Gilberto Silva, André Santos, Denílson, Eduardo da Silva, Gabriel Paulista, Juan, Júlio Baptista e Sylvinho.

Sua ascensão foi meteórica e na primeira temporada pelo Arsenal, foram sete gols nos sete primeiros jogos. Além disso, Martinelli foi artilheiro dos Gunners na Liga Europa ao lado do já consagrado Aubameyang. Seu grande início foi interrompido por uma grave lesão no joelho que o afastou dos gramados por mais de seis meses e do restante da temporada.

Agora na Copa do Mundo, o jogador está realizando um sonho de infância ao vestir a camisa da seleção.

— Quando o Tite me convocou pela primeira vez para a seleção principal, em março, eu não sabia o que dizer. Ele me mandou uma mensagem e, eu juro, devo ter lido minha resposta pelo menos umas 20 vezes — afirmou Martinelli no final de novembro.