Barcelona e Xavi entram em acordo e irão dividir valor da cláusula de rescisão de contrato com o Al-Sadd

·1 min de leitura


O Barcelona e Xavi entraram em um acordo e devem dividir o pagamento da cláusula de rescisão contratual de cinco milhões de euros (R$ 32 milhões) para o Al-Sadd, segundo o "Mundo Deportivo". A multa foi estipulada no último contrato assinado pelo comandante espanhol com o clube do Qatar em 2021.

Na manhã desta sexta-feira, o Al-Sadd anunciou em suas redes sociais que havia chegado em um acordo com o clube catalão pela saída de Xavi através do depósito do valor integral da multa. No entanto, a entidade blaugrana negou o acerto por conta de questões fiscais.

> Veja a tabela da La Liga

Segundo a imprensa da Catalunha, o Barcelona não poderia arcar com os cinco milhões de euros pela contratação de Xavi, pois iria esbarrar na questão do Fair Play Financeiro. Por conta disso, a negociação demorou para encontrar um caminho viável.

Neste momento, as negociações estão em fases avançadas e o anúncio do retorno de Xavi ao Camp Nou é iminente e deve acontecer ainda nesta sexta-feira. O comandante deve estrear no clássico contra o Espanyol, no próximo dia 20 de novembro.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos