Barcelona denunciará presidente do Malága por declarações anti-fair play

Na última quarta-feira, o presidente do Málaga, Abdullah Al Thani protagonizou episódio que deverá cercar de polêmica a conclusão do Campeonato Espanhol nesta temporada. Com declarações ofensivas ao Barcelona, o mandatário colocou em dúvida a seriedade da partida de sua equipe diante do Real Madrid, na última rodada, ato que os catalães não deixarão passar em branco.

Usando sua página do twitter, Al Thani respondeu um usuário ao dizer que “A escória catalã não vai sentir o gosto de vencer a Liga”, referindo-se pejorativamente ao Barcelona. A gravidade de sua declaração se dá pelo fato de que o Málaga é adversário do Real Madrid na última rodada, e portanto, dá indicativos de que sua equipe facilitaria o duelo diante dos merengues, rivais diretos dos culés na busca pelo título espanhol.

Como esperado, as ofensas do presidente não forem bem recebidas pelo Barça, que comunicou oficialmente nesta quinta-feira que irá tomar medidas cabíveis para que providências sejam tomadas contra Al Thani, já que sua postura é contrária ao fair play e as normas de um torneio oficial.

Confira na íntegra o comunicado do Barcelona:

“O FC Barcelona expressa sua rejeição e indignação pelo conteúdo de um tweet publicado pelo presidente do Málaga, Abdullah Al Thani, com manifestações que atentam contra os princípios do fair play, da ética e da legalidade que devem reger a competição esportiva.

Por este motivo, o clube denunciará este caso ao Comitê Antiviolência do Conselho Superior do Esporte, além de levar a questão ao Comitê de Competição da Federação Espanhola de Futebol e ao Departamento de Integridade da Liga”.