Barcelona critica tribunal e ainda espera resolução no caso Neymar

O Barcelona publicou uma nota demonstrando seu descontentamento com as atitudes do Tribunal Administrativo do Desporte (TAD), principalmente com a nota publicada pelo presidente da instituição, Enrique Arnaldo. O clube catalão confirma que enviou o recurso na tarde da última sexta-feira da suspensão do atacante Neymar e ainda espera que o TAD faça uma resolução do caso.

Entre as reclamações, a equipe questiona o presidente por ter dado a sua opinião pessoal sobre o caso e afirma não ter sido notificado pelo TAD que existiam horários fixados para a reunião que analisaria a sentença de Neymar – sendo que a alegação para o cancelamento da reunião marcada para este sábado foram os prazos não seguidos pelo Barcelona.

O comunicado informa ainda que os catalães seguem na espera por uma decisão do TAD sobre o recurso apresentado, sem a participação do mandatário do Tribunal, para não prejudicar a resolução do caso após ter expressado publicamente a sua visão do mesmo.

Apesar da ausência do brasileiro ser o veredito mais provável, informações do jornal Mundo Deportivo dão conta que o brasileiro viajará com o restante do elenco para que possa atuar contra o Real Madrid no caso do clube conseguir uma liminar. O confronto válido pela 33ª rodada do Campeonato Espanhol, ocorre neste domingo, no estádio Santiago Bernabeu, às 15h45 (de Brasília).

Neymar foi suspenso após ser expulso no duelo contra o Málaga, pela 31ª rodada da competição nacional. O brasileiro recebeu dois cartões amarelos, consequentemente o vermelho, na partida e aplaudiu ironicamente a decisão do árbitro na saída do campo. Julgado pela  Comissão de Competições da Federação Espanhola, o jogador sofreu a punição de três jogos – um automático pela expulsão e mais dois pela atitude contra a arbitragem. O craque já cumpriu a primeira partida da sua condenação na vitória do Barcelona sobre o Real Sociedad por 3 a 2 no último sábado.