Barbieri analisa escolha de Praxedes e exalta domínio da equipe em virada contra o São Paulo

·2 minuto de leitura


Depois da vitória por 2 a 1 de virada contra o São Paulo que fez o Bragantino reassumir a liderança do Campeonato Brasileiro, o técnico Mauricio Barbieri fez um relato de como interpretou a partida disputada no Morumbi.

>Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

Para ele, mesmo com o revés parcial na primeira etapa, a sua equipe tinha o controle das ações onde, no intervalo, bastaram pequenos ajustes para o time conseguir reverter a situação e conquistar os três pontos que deixam o time com 21 pontos em 27 disputados.

- Eu acho que a gente fez um primeiro tempo muito bom, acho que o nosso jogo estava encaixado então, quando a gente conversou no vestiário, foi de que a gente já tinha estado em outros momentos em situação adversa como essa, que a gente tinha que ter tranquilidade e tentar continuar fazendo o nosso jogo para buscar a virada foi isso que a equipe fez e criou até mais oportunidades de fazer gols. O time foi resiliente, perseverante e eu acho que as trocas sem dúvida ajudaram porque aqueles que estavam em campo perderam um pouquinho de gás e a gente conseguiu trocar e manter o ritmo, a intensidade. Acho que é um resultado muito expressivo pela qualidade da equipe que a gente enfrentou, atuando na casa dele, estou muito feliz - frisou Barbieri.

O duelo também representou o primeiro jogo do meio-campista Praxedes como titular desde sua aquisição junto ao Internacional. E a sua inserção, como explicou o treinador do Massa Bruta, teve ligação direta com a forma do adversário atuar:

- A escolha do Praxedes tem a ver com a gente ter feito uma alteração na maneira de jogar, na forma de organizar a equipe dentro de campo tendo em vista como o São Paulo gosta de atuar. Então, nesse sentido a gente fez o dever de casa, vamos colocar assim. Eu acho que a gente conseguiu encaixar bem as coisas e, com 30 segundos de jogo, reflete bem porque o Praxedes já conseguiu roubar uma bola na entrada da área e a gente já conseguiu não dar espaço ao São Paulo.

Para se manter na ponta da tabela, o Braga recebe no Nabi Abi Chedid o Cuiabá na próxima quarta-feira (7) às 18h (de Brasília).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos