Barça vence com primeiro tempo frenético e se anima para decisão

O Barcelona ganhou neste sábado um gás para a sequência na temporada. Jogando no Camp Nou, o time catalão sofreu, mas derrotou a Real Sociedad, por 3 a 2, placar construído integralmente no primeiro tempo da partida válida pela 32ª rodada do Campeonato Espanhol. O destaque do embate foi o argentino Messi, que marcou duas vezes e chegou aos 498 gols com a camisa azul e grená.

O resultado dá ânimo para a dura missão de reverter uma desvantagem de 3 a 0 para a Juventus-ITA, nas quartas de final da Liga dos Campeões da Europa. Ingrata, a tarefa é tida como mais difícil do que a virada sobre o PSG na fase anterior, considerando a sólida defesa da equipe italiana. O duelo de volta acontecerá nesta quarta-feira, às 15h45 (de Brasília), na Catalunha.

Além disso, o Barça mantém a diferença de três pontos para o líder Real Madrid (75 a 72), que mais cedo bateu o Sporting Gijón, também por 3 a 2 – o time de Luis Enrique, porém, soma um jogo a mais. Os dois arquirrivais, inclusive, se enfrentarão na rodada seguinte do Espanhol, no próximo domingo, dia 23, no Santiago Bernabéu.

O jogo – Surpreendentemente, a Real Sociedad não se conformou em apenas se defender e partiu para cima do temido Barcelona no início da partida. Os bascos tiveram as melhores chances nos primeiros minutos, exigindo bastante do goleiro Ter Stegen. No entanto, todo cuidado é pouco com quem tem Messi. Após boa jogada de Paco Alcácer, substituto do suspenso Neymar, o argentino chutou forte e rasteiro pela direita da intermediária, acertando o canto esquerdo do goleiro Rulli.

O gol abalou o ímpeto da Sociedad, que se encolheu na defesa a partir de então. Jogando mais solto, o Barça ampliou a vantagem aos 36 minutos, quando Alcácer recebeu na esquerda da área e passou de calcanhar para Luis Suárez, que bateu cruzado para boa defesa de Rulli. No rebote, Messi, meio atabalhoado, completou para a rede.

O jogo, que parecia se encaminhar para uma nova goleada catalã, tomou outro rumo. Em um intervalo de quatro minutos, três gols. Aos 41, após bate-rebate na área, o zagueiro Iñigo Martínez passou por dois marcadores e chutou cruzado. A bola passaria em frente ao gol, mas ela acabou carimbando o braço de Umtiti, que marcou contra, diminuindo o prejuízo da Sociedad.

Dois minutos depois, um banho de água fria nos bascos. Messi encontrou Alcácer livre na esquerda da área. O atacante bateu cruzado na saída de Rulli e fez o terceiro do Barça, que não teve muito tempo para comemorar. Aos 45, Willian José recebeu na esquerda e fez ótimo lançamento para dentro da área. O camisa 10 Xabi Prieto deu um tapa, de primeira, na bola, acertando o canto esquerdo de Ter Stegen.

O segundo tempo começou em ritmo mais lento. Ao mesmo tempo em que errava muitos passes, o Barcelona dava espaços para os atacantes da Sociedad. Tanto que, aos 15 minutos, Willian José foi lançando pela esquerda em boas condições de finalizar, mas hesitou e foi desarmado.

O brasileiro teve chance de se redimir cinco minutos depois, mas não alcançou cruzamento rasteiro de Yuri. Sem se intimidar em pleno Camp Nou, o time basco apareceu de novo com perigo aos 27, quando Martínez superou os zagueiros do Barça pelo alto, após cobrança de escanteio. A bola, no entanto, saiu por cima.

Nos minutos finais, a Sociedad perdeu fôlego e não conseguiu sufocar os donos da casa como deveria. O Barcelona, por sua vez, não fez questão de acelerar o seu jogo e obteve o triunfo pela diferença mínima.