Barça vence Betis nos pênaltis e enfrentará Real Madrid na final da Supercopa da Espanha

O Barcelona vai enfrentar o Real Madrid na final da Supercopa da Espanha depois de vencer nesta quinta-feira o Betis, por 4 a 2 nos pênaltis, após um empate em 2 a 2 nos 120 minutos.

Robert Lewandowski colocou o Barça na frente (40), mas Nabil Fekir empatou (77) levando a partida para a prorrogação, em que Ansu Fati fez 2 a 1 (93) e Lorenzo Morón deixou tudo igual novamente (101) levando o jogo para a decisão nos pênaltis.

Na disputa decisiva, enquanto o Barcelona converteu as quatro cobranças, Marc-André Ter Stegen defendeu os chutes de Juanmi e Carvalho.

O Barça vai assim lutar por um troféu que ainda não conquistou desde que o torneio começou a ser disputado com o seu atual formato de 'final four'.

Também é a primeira vez com o novo formato que a Supercopa será decidida em um clássico entre Barcelona e Real Madrid, que venceu o Valencia por 4 a 3 nos pênaltis na quarta-feira, após empatar em 1 a 1 na semifinal.

"Estou feliz e satisfeito. Nos custou demais avançar à final", disse o técnico do Barcelona, Xavi Hernández após a partida.

"Foram vistas duas caras, o primeiro tempo foi fantástico e no segundo não estivemos no nível", admitiu.

Num jogo em que se previa um equilíbrio com duas equipes que queriam ter a posse de bola, o Barcelona acabou impondo seu melhor chute diante do Betis, que terminou a prorrogação com dez jogadores devido à expulsão do mexicano Andrés Guardado (118).

"O desempenho da equipe me deixou muito satisfeito, fizemos uma partida muito completa, exceto nos primeiros 25 minutos, quando o Barcelona teve mais posse de bola", disse o técnico do Betis, Manuel Pellegrini.

gr/dr/aam