Barça quer Coutinho ou Verratti para a próxima temporada, diz jornal

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - As recorrentes lesões de Iniesta, o desempenho abaixo do esperado de Rakitic e Busquets, além do retorno insatisfatório das contratações de André Gomes e Denis Suárez motivam o Barcelona a ir atrás de um nome de peso para o meio-campo na próxima temporada. De acordo com o jornal "Mundo Deportivo", três atletas interessam ao clube: Philippe Coutinho, Marco Verratti e Thiago Alcântara.

Na ordem de preferência do clube catalão estão o brasileiro do Liverpool e o italiano do PSG. A repatriação do meia do Bayern de Munique, revelado no Barça, é a segunda opção, caso nenhuma das outras duas dê certo.

O Barcelona valoriza a capacidade de retenção da posse de bola que Verratti traria ao time, qualidade demonstrada no 4 a 0 do PSG em Paris, na ida das oitavas de final da Liga dos Campeões.

No caso de Coutinho, a familiaridade com Neymar e com a cidade de Barcelona, além da qualidade técnica do brasileiro, são fatores favoráveis para a contratação -ele jogou no Espanyol na temporada 2011-12, emprestado pela Inter de Milão.

Ambos os jogadores têm contratos longos com seus clubes e são considerados peças importantes, garantias de que o Barcelona terá que desembolsar um valor alto para reforçar o meio-campo.

XAVI

Para o ex-jogador e ídolo do clube Xavi, não há dúvidas: Marco Verratti deveria ser a prioridade do clube catalão. Em entrevista ao jornal "Le Parisien", o ex-atleta espanhol explicou a escolha.

"Na minha opinião, Verratti seria a contratação ideal para o Barcelona. Acredito que se parece um pouco comigo. Sempre busca a bola, busca a profundidade do campo, olha para frente e organiza o jogo", analisou Xavi, principal engrenagem do meio-campo do Barcelona de Pep Guardiola.

"Verratti é pequeno como eu e nunca perde a bola. Tem uma técnica incrível. É um jogador que eu adoraria ver no Barcelona", concluiu.

O desejo de Xavi também é o desejo do Barcelona, que já consultou o PSG pela contratação de Verratti. No entanto, os primeiros sinais da negociação não foram positivos. Segundo publicou o jornal "Mundo Deportivo" em fevereiro, o clube catalão já teria sido informado diretamente por Nasser Al Khalaifi, presidente do time francês, que o meia italiano é intransferível.

O Barcelona superou recentemente o PSG nas oitavas de final da Liga dos Campeões, um confronto que é considerado uma das maiores reviravoltas da história do torneio. Na ida, os franceses venceram por 4 a 0 em Paris. Os espanhóis reagiram no Camp Nou, aplicando 6 a 1 em uma classificação com contornos épicos.