Barça fica mais pessimista com relação a Coutinho: não sabe como negociar o brasileiro

Goal.com

O Barcelona emprestou Philippe Coutinho ao Bayern na esperança de que o brasileiro recuperasse o bom futebol, afinal, o clube investiu muito dinheiro para tirá-lo do Liverpool em janeiro de 2018. Mas isso não aconteceu e agora o futuro do meio campista é mais incerto do que nunca.

No Bayern, ninguém dá sinais de que o clube exercerá a opção do jogador, que é de 110 milhões de euros (R$ 611 milhões na cotação atual). O Barça teme que terá que colocar Coutinho no mercado após o retorno do brasileiro deste período de empréstimo.

O problema de colocar Coutinho à venda é que não há clubes que possam - e queiram - pagar o valor pedido pelo Barça, que seria algo entre 80 ou 90 milhões de euros. O clube catalão não quer perder tanto depois de ter investido 145 milhões de euros (R$ 806 milhões) e não ter recebido nenhum retorno futebolístico.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

O Barcelona ainda tem a esperança de que alguma equipe da Premier League possa apostar no futebol do meio campista. O brasileiro teve uma ótima passagem pelo Liverpool e deixou uma boa impressão nos campos ingleses. Além disso, os grandes clubes ingleses têm, hoje, os maiores poderios financeiros no futebol mundial.

Coutinho não se mostra infeliz em Munique, mas conforme o tempo passa e nada se resolve, fica claro para ele que a permanência na Alemanha será muito difícil.

A definição deve acontecer somente após a crise do coronavírus passar. Com os campeonatos paralisados, o Bayern não vê pressa para resolver isso. Enquanto isso, Coutinho segue tentando demonstrar sua qualidade e nas duas últimas partidas da Bundesliga ele foi titular, contra Hoffenheim (marcou dois gols) e Augsburg.

Em 22 partidas disputadas no Campeonato Alemão nesta temporada, Coutinho marcou oito gols e deu seis assistências.

Leia também