Barça demite técnico Valverde; Quique Setién é anunciado como substituto

AFP

O Barcelona anunciou na noite desta segunda-feira a demissão de Ernesto Valverde como treinador e sua substituição por Quique Setién, que assina até junho de 2022, segundo um comunicado.

A decisão de rescindir com Valverde vem após a derrota nas semifinais da Supercopa da Espanha, na semana passada contra o Atlético Madrid (3-2) e foi tomada nesta segunda após uma reunião de quatro horas do conselho de administração do clube.

"O FC Barcelona e Ernesto Valverde chegaram a um acordo para rescindir o contrato que unia ambas as partes", afirmou o clube no comunicado.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

A passagem de Valverde teve altos e baixos e ficou marcada pelas duas ligas conquistadas com autoridade (2018 e 2019) mas, principalmente, pelas duas dolorosas eliminações na Liga dos Campeões (Roma em 2018 e Liverpool em 2019), que fragilizaram o treinador.

Ele foi criticado pela suposta falta de brilho do jogo proposto pela equipe. Mas a demissão pode surpreender, levando em conta o fato de que o Barça é o atual líder da liga espanhola (empatado em 40 pontos com o Real Madrid) e classificado como vencedor de seu grupo às oitavas-de-final da Liga dos Campeões, onde vai enfrentar o Napoli em 26 de fevereiro.

- Setién, um discípulo de Cruyff -

Em outra declaração, o clube anunciou o nome de seu substituto: "O FC Barcelona e Quique Setién chegaram a um acordo para a sua incorporação como treinador do primeiro time de futebol até 30 de junho de 2022.

"O treinador da Cantábria substitui Ernesto Valverde e será apresentado na terça-feira", afirmou o clube.

Quique Setién, de 61 anos, já treinou o Racing de Santander, o Ejido Sports Center, Logronés, Lugo, Las Palmas e Betis, um clube no qual ele não continuou após a temporada passada.

Apesar de nunca ter comandado uma equipe 'grande', Setién sempre se mostrou um forte defensor do estilo 'tiki-taka', herança do lendário Johan Cruyff e que Pep Guadiola levou à excelência em sua etapa como treinador do Barcelona (2008-2012).

"O novo treinador do Barça sempre se desmanchou em elogios ao Barça e Lionel Messi, a quem considera 'um luxo e o melhor jogador da história", afirmou o clube no comunicado.

Leia também