Bap diz se teve influência na contratação do técnico do Flamengo: 'Qualquer coisa diferente é mentira'

·1 min de leitura
A partir de 2022, Bap será o presidente do Conselho de Administração do Flamengo (Foto: Marcelo Cortes / CRF)


Recém-eleito ao cargo de presidente do Conselho de Administração do Flamengo, Luiz Eduardo Baptista, conhecido como Bap, foi às redes sociais e fez questão de se desvincular quanto à escolha de dirigentes do departamento de futebol por Paulo Sousa para novo técnico.

- Sobre a contratação de nosso técnico, quero esclarecer que o processo de negociações foi conduzido por quem estava em Portugal tendo conversas pelo clube. Minha participação limitou-se à aprovação pelo Conselho do perfil dos candidatos. Qualquer coisa diferente disso é mentira - postou Bap.

Luiz Eduardo Baptista está em viés de deixar o cargo de vice-presidente de relações externas do Flamengo, em que esteve durante a primeira Era Rodolfo Landim, que o tem como conselheiro de confiança.

Já houve atritos entre Bap e Marcos Braz, vice-presidente de futebol do Flamengo, por conta de divergências em relação a escolhas internas - como na não continuidade de Paulo Pelaipe, ex-gerente de futebol do clube, para 2020.

Braz está com Bruno Spindel, diretor executivo de futebol, em Portugal há cerca de uma semana, onde chegaram a um acordo com Paulo Sousa por duas temporadas. O treinador deixará a seleção polonesa para treinar o Fla - entenda o que pesou para a escolha aqui.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos