Band faz transmissão pirata de tênis na Olimpíada, é flagrada e abandona a quadra

·2 minuto de leitura
Laura Pigossi e Luisa Stefani, do Brasil, durante a partida da segunda rodada contra Karolina Pliskova e Marketa Vondrousova de República Tcheca.
Laura Pigossi e Luisa Stefani, do Brasil, durante a partida da segunda rodada contra Karolina Pliskova e Marketa Vondrousova de República Tcheca. (Foto: REUTERS / Piroschka Van De Wouw)

O canal Bandsports burlou as regras de transmissão dos Jogos Olímpicos de Tóquio e exibiu clandestinamente imagens do jogo de tênis da dupla brasileira Laura Pigossi e Luisa Stefani. Flagrados em uma plataforma improvisada, os profissionais da emissora precisaram abandonar as imediações da quadra e interromper a exibição. 

A transmissão pirata, de acordo com informações do UOL Esportes, ocorreu na madrugada desta quarta-feira (28) — período da tarde no Japão — quando as atletas competiam na quadra 5 contra a dupla dos Estados Unidos, buscando uma vaga na semi-final.

Leia também:

A geração das imagens oficiais da Olimpíada de Tóquio é de responsabilidade da OBS (Olympic Broadcasting Services — na tradução do inglês, Serviço de Transmissão Olímpica). É ela quem distribui a transmissão às emissoras oficiais e autorizadas, inclusive a escolha de câmeras, exibição de infográficos e etc. 

No Brasil, somente Globo e Band transmitem os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. Contudo, nenhuma das duas havia pagado um valor extra cobrado pelas imagens das quadras periféricas desta quarta, onde o jogo das brasileiras ocorria.

Mesmo assim, uma equipe da Band foi até a quadra e entrou ao vivo. A princípio, o repórter Elia Júnior iria fazer somente uma passagem — quando o repórter traz rapidamente uma informação em um telejornal ou programa de TV.

No entanto, a transmissão pirata foi mantida no ar por vários minutos. Com uma câmera posicionada em cima de uma plataforma no fundo da quadra, a emissora exibiu longos trechos da partida comentados pelo repórter. Por ser pirata, a transmissão não mostrava placar ou qualquer outro gráfico da partida.

A informação da transmissão irregular da Band chegou até à OBS, que cobrou a emissora brasileira. Elia, então, avisou no ar que não havia "condições técnicas" de permanecer com a exibição. O equipamento foi retirado às pressas e a partida saiu do ar no canal.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos