Band comemora novo modelo de qualificatória na Fórmula 1

LANCE!
·1 minuto de leitura


Os executivos da Band celebraram a criação das corridas "sprint" nesta temporada da Fórmula 1. O novo modelo de qualificação será utilizado em três circuitos neste ano, dois na Europa e um fora do velho continente, e a emissora viu com bons olhos o teste. Para o canal, o novo formato deve atrair mais telespectadores paras os treinos, que devem continuar sendo televisionados para todo o país.

> Confira a classificação atualizada da Libertadores 2021 e simule os jogos

- Acho ótimo. Mais competição, mais uma corrida com bastante importância. Mais emoção para o amante da F1 - disse o diretor de esportes da Band Denis Gavazzi. Em entrevista ao UOL, Gavazzi avaliou que mais ação nas pistas trazem mais espectadores para as transmissões.

As corridas "sprint", que entrarão em três circuitos nesta temporada, mudam o sistema de montagem do grid das provas. Em vez da tradicional "Qualifier" dividida em três etapas e que dá a posição de largada a quem fizer a volta em menor tempo, a "sprint" é uma corrida de 100km, menos da metade dos 300km de uma etapa normal da Fórmula 1, e que dá a "pole position" ao vencedor da prova.

Assim, as sextas-feiras da Fórmula 1 terão apenas um treino livre, com o segundo treino sendo utilizado para decidir o grid da "sprint" do sábado. Neste novo sistema, que foi aprovado unanimemente pelas equipes, os três primeiros colocados da nova qualificatória também levam pontos para o campeonato de pilotos (três para o primeiro, dois para o segundo e um para o terceiro).