Balotelli: 'Confinado e sem saber cozinhar, cheguei a comer a parede'





Sempre polêmico, o atacante italiano Mario Balotelli bombou nas redes sociais ao comentar que sofreu muito no início da pandemia. E por um motivo inusitado. Como mora sozinho, não sabe cozinhar e no primeiros dias de isolamento total na Itália não havia entregas em casa, o astro, com fome, disse em papo no Instagram com o seu ex-companheiro de Milan Alesandro Matri, que se virou de uma forma nada convencional.

- Não sei cozinhar nada. Basicamente, ao fim de três dias, a comida acabou. Já estava comendo cartão e pedaços de parede. Felizmente consegui, depois, que fizessem entregas de comida em casa - disse. Se foi verdade.....

Balotelli comentou porque ficou tão isolado:

- Nas últimas duas semanas, completamente sozinho, estava começando a ficar louco. A minha filha está em Nápoles; o meu filho, em Zurique; a minha mãe já tem uma certa idade e precisa ficar protegida; os meus irmãos estão com os filhos em quarentena. Fiquei por minha conta, foi dureza - prosseguiu o atacante, que defende o Brescia.

Balotelli disse que o confinamento está sendo, para ele, um período complicado tanto do lado psicológico quanto do lado fisico.

- Há dois meses não toco numa bola. Acho que no primeiro treino depois de tudo isso, quando receber um passe, nem vou conseguir controlar a bola - disse o atacante, comentando que nos últimos dias furou a quarentena e deu umas corridinhas no parque da cidade:

- Sei que não é permitido. Mas tinha de me exercitar. Nem esteira tenho em casa.















Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também