Bale diz estar 100% pronto para liderar País de Gales na Copa do Mundo

Gareth Bale comemora vitória do País de Gales sobre a Áustria

(Reuters) - O capitão da seleção de País de Gales, Gareth Bale, disse que está 100% apto para jogar pela equipe na primeira Copa do Mundo do país desde 1958.

O jogador, de 33 anos, é o maior artilheiro de todos os tempos do País de Gales, com 40 gols em 108 jogos, mas tem enfrentado dificuldades com lesões nesta temporada.

O País de Gales iniciará sua campanha contra os Estados Unidos na próxima segunda-feira e também enfrentará Irã e Inglaterra no Grupo B.

"Estou totalmente em forma e pronto para ir. Se precisar jogar três jogos de 90 (minutos), jogarei três de 90", disse Bale em coletiva de imprensa nesta segunda-feira.

"Tem sido difícil, mais mentalmente do que tudo. Acho que para todo mundo, nas últimas três ou quatro semanas, tem sido difícil, até mesmo ouvir histórias de jogadores caindo e sabendo que vão perder a Copa do Mundo."

"Falando com alguns dos meninos, mesmo para eles, ter que jogar neste fim de semana foi difícil mentalmente, e estamos apenas rezando para não ter uma lesão porque é uma ocasião muito importante."

Bale disse que o País de Gales está determinado a posicionar-se sobre questões de direitos humanos e LGBT em torno da Copa do Mundo.

O Catar tem estado sob intensa pressão com relação ao seu tratamento de trabalhadores estrangeiros e leis sociais restritivas, levando muitas equipes participantes a manifestar preocupações. O país nega as alegações de que os trabalhadores são explorados.

"É claro que, para nós, como jogadores de futebol, tem sido um assunto difícil de falar", disse. "Mas podemos lançar luz sobre os problemas que estão acontecendo."

"Como jogadores de futebol, o máximo que podemos fazer é aumentar a conscientização e cabe às pessoas com maior autoridade tomar essas decisões e, com sorte, fazer mudanças para melhor".

(Reportagem de Tommy Lund, em Gdansk)