Balanço da Mercedes revela custo de R$ 1,5 bilhão e salário de R$ 36 mi a Wolff

Redação GP

Pouco mais de R$ 1,5 bilhão (ou € 350 milhões). É o que a Mercedes gastou para bancar a equipe pentacampeã mundial de F1 na temporada passada. A informação foi divulgada pelo jornal austríaco ‘Österreich’, que teve acesso ao balanço econômico da montadora de 2018, que traz dados relativos também ao salário pago aos seus dois principais dirigentes na F1: Toto Wolff, diretor-esportivo, e Niki Lauda, presidente não-executivo, que morreu em maio deste ano.

Cada um dos dois recebeu, no ano passado, um salário de € 8 milhões, ou R$ 36 milhões, na cotação atual. O valor é o mesmo pago pela própria Mercedes a Valtteri Bottas, por exemplo. Já o salário de Lewis Hamilton, de acordo com o livro ‘Business Book GP’, é o mais alto da F1: € 42 milhões (ou R$ 189 milhões).

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Toto Wolff (Foto: Mercedes)


“A F1 representa para nós uma importante contribuição para o status da marca como a oitava mais valiosa do mundo”, diz o balanço econômico da Mercedes.

A Mercedes obteve lucro no ano passado, já que obteve cerca de € 380 milhões em receita. Portanto, fechou 2018 com saldo positivo de € 30 milhões, ou R$ 135 milhões.

Neste fim de semana de GP do Japão, a Mercedes tem tudo para confirmar a conquista do sexto título consecutivo do Mundial de Construtores. Para garantir a taça em Suzuka, a equipe prateada precisa somar 15 pontos a mais do que a Ferrari.

Paddockast #36

O MELHOR PILOTO SEM VITÓRIA NA F1


Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM





Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo


O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.


Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.








Leia também