Bahia dá aula de inclusão, e Copa do Nordeste terá primeira transmissão em Libras

Nathalia Almeida
·1 minuto de leitura

Inclusão, acessibilidade e diversidade deveriam ser debates presentes de forma constante no meio esportivo mas, infelizmente, não é isso que vemos em solo brasileiro. De qualquer forma, existem as exceções que travam batalhas quase independentes: o Bahia é um desses casos e, neste fim de semana, o Tricolor de Aço encabeça mais uma ação espetacular e inovadora que deveria servir de exemplo para os demais clubes brasileiros.

Como destaca o Terra, a partida deste sábado (3) entre Fortaleza e Bahia, válida pela 7ª rodada da Copa do Nordeste, contará com uma inovação do bem: será a primeira vez na história do futebol brasileiro que um jogo terá transmissão na Língua Brasileira de Sinais (Libras). Nas redes sociais oficiais do Bahia - Facebook, Instagram e Youtube -, dois intérpretes de Libras vão comentar os principais lances do confronto em tempo real.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

"Nosso objetivo é que as pessoas surdas que usam Libras possam acessar esse conteúdo pelo celular enquanto assistem ao jogo, na TV ou em algum outro dispositivo, e assim ter uma experiência inédita como torcedores", afirmou o gerente de marketing do Bahia, Lênin Franco.

Como destacou o clube através de seu site oficial, a estimativa atual é de que o Brasil tenha cerca de 10 milhões de deficientes auditivos. De 70% a 80% deles se comunicam prioritariamente pela Língua Brasileira de Sinais. No mundo, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), 500 milhões de pessoas apresentam algum grau de surdez.