Bahia é denunciado no MPT-BA por trabalho excessivo e horas extras não respeitadas


Conhecido por ser um dos clubes mais organizados da região nordeste, o Bahia foi surpreendido com uma denúncia no Ministério Público do Trabalho-BA sobre trabalho excessivo e horas extras não respeitadas na Central de Atendimento dos Sócios.

Após receber a queixa, o MPT-BA iniciou uma investigação e pediu ao clube algumas informações, como, por exemplo, relatórios sobre ao ponto dos funcionários.

Em arquivo divulgado pelo Globo Esporte, o Ministério Público deve condenar o Tricolor na casa dos R$ 200 mil. Além disso, o órgão pede R$ 10 mil por cada funcionário em situação irregular.

Publicamente, a diretoria do Bahia não se manifestou, já que a denúncia foi anônima e os dirigentes prometem apurar as informações antes de tomar alguma decisão.

Por outro lado, através das redes sociais, o Esquadrão foi muito criticado pelos internautas e a resposta foi que as investigações foram iniciadas, caso seja comprovada as irregularidades, as correções serão feitas.







Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também