Bélgica na Copa do Mundo 2022: os convocados, destaques, dias e horários dos jogos

De Bruyne, Lukaku, Hazard e Courtois são os grandes nomes da Bélgica (Foto: AFP)


Terceira colocada da Copa do Mundo de 2018, a Bélgica chega para o Mundial do Qatar com a 'última chance' de uma ótima geração marcada por grandes jogadores, mas sem conquistas. Agora em 2022, os belgas buscam superar o resultado na Rússia e chegar em uma final pela primeira vez na história do país.

A Bélgica manteve praticamente a mesma base de 2018, principalmente pela presença da 'espinha dorsal' da equipe: Thibaut Courtois no gol, Jan Vertonghen na defesa, Kevin De Bruyne e Eden Hazard no meio-campo e Romelu Lukaku no ataque. Todos eles sob o comando de Roberto Martínez, que seguiu no cargo após a Copa da Rússia.

CAMINHO ATÉ O QATAR
​Nas Eliminatórias Europeias para a Copa do Mundo, a Bélgica praticamente nadou de braçada na sua chave. Em um grupo com País de Gales, República Tcheca, Estônia e Belarus, os Diabos Vermelhos venceram seis jogos, empataram dois e se classificaram para o Mundial de forma invicta.

+ Copa do Mundo: Bélgica desembarca no Kuwait para fazer único amistoso antes de estreia

NATIONS LEAGUE
Na última edição da Liga das Nações da Uefa, a Bélgica parecia ser uma das grandes favoritas ao título e chegou a estar com um pé na final da competição. Entretanto, após abrir 2 a 0 na França na semifinal, levou a virada e ficou pelo caminho. A seleção belga acabou sendo derrotada também pela Itália na disputa do terceiro lugar.

LISTA DE CONVOCADOS

Goleiros: Thibaut Courtois (Real Madrid), Koen Casteels (Wolfsburg), Simon Mignolet (Club Brugge)

Defensores: Toby Alderweireld (Royal Antwerp), Zeno Debast (Anderlecht), Leander Dendoncker (Aston Villa), Wout Faes (Leicester), Arthur Theate (Rennes), Jan Vertonghen (Anderlecht), Thomas Meunier (Borussia Dortmund), Timothy Castagne (Leicester)

Meio-campistas: Kevin De Bruyne (Manchester City), Amadou Onana (Everton), Youri Tielemans (Leicester), Hans Vanaken (Club Brugge), Axel Witsel (Borussia Dortmund), Yannick Carrasco (Atletico Madrid), Thorgan Hazard (Borussia Dortmund)

Atacantes: Michy Batshuayi (Fenerbahçe), Charles De Ketelaere (Milan), Jeremy Doku (Rennes), Eden Hazard (Real Madrid), Romelu Lukaku (Internazionale), Dries Mertens (Galatasaray), Lois Openda (Lens), Leandro Trossard (Brighton)

TIME-BASE
​Courtois; Alderweireld, Vertonghen, Debast; Castagne, Tielemans, Witsel, Meunier; Eden Hazard, De Bruyne e Lukaku

PARA FICAR DE OLHO
Com grandes nomes na lista, o protagonismo da seleção belga pode até ser bem dividido, mas sua principal estrela tem nome e sobrenome: Kevin De Bruyne. O meia do Manchester City chega para a Copa do Qatar como um dos melhores jogadores do mundo (terceiro na eleição da revista France Football) e pode ser a peça-chave da equipe em busca de um título inédito.

DESFALQUE
A convocação final de Roberto Martínez contou com todos as estrelas que pudessem ser chamadas. Talvez a ausência mais sentida na lista seja de Divock Origi. O atacante, que deixou sua marca na final da Champions League em 2019, com a camisa do Liverpool, se transferiu para o Milan na última janela, mas ainda não conseguiu desempenhar um bom futebol e a falta de minutos pode ter sido um fator preponderante para a não convocação para o Mundial.

A AGENDA DA SELEÇÃO BELGA

23 de novembro, às 16h (de Brasília)
Bélgica x Canadá - 1ª rodada do Grupo F

27 de novembro, às 10h (de Brasília)
Bélgica x Marrocos - 2ª rodada do Grupo F

1 de dezembro, às 12h (de Brasília)
Croácia x Bélgica - 3ª rodada do Grupo F


POSSÍVEIS ADVERSÁRIOS NAS OITAVAS

Os classificados do Grupo F enfrentarão os classificados do Grupo E nas oitavas de final da Copa do Mundo - o primeiro de uma chave contra o segunda da outra. Assim, os possíveis adversários dos Diabos Vermelhos no mata-mata são: Espanha, Costa Rica, Japão e Alemanha.