Bélgica: conheça os atacantes que podem substituir Lukaku nos primeiros jogos da Copa do Mundo

Batshuayi é o favorito para a vaga, mas Openda corre por fora (Foto: JOHN THYS/AFP - DIRK WAEM/BELGA/AFP)


A Bélgica terá um desfalque bem importante nas duas primeiras rodadas do Grupo F da Copa do Mundo do Qatar: Romelu Lukaku. O atacante belga, que já foi convocado lesionado, não conseguiu se recuperar a tempo de ficar em condições de jogo e não entrará em campo contra Canadá e Marrocos.

Com isso, o técnico Roberto Martínez tem, principalmente, dois nomes como substitutos para assumir o comando de ataque da seleção belga neste início de Copa do Mundo: Michy Batshuayi, jogador do Fenerbahçe (TUR), e Loïs Openda, do Lens (FRA).

+ Com Lukaku lesionado e Hazard em baixa, De Bruyne assume protagonismo na Copa do Mundo


Batshuayi é o grande favorito para a ser o dono da posição na estreia da Bélgica, na próxima quarta-feira, dia 23, contra o Canadá, no Al Rayyan Stadium. O atacante de 28 anos de idade tem sido o titular frequente na ausência de Lukaku.

Nos três jogos realizados pela seleção belga nesta temporada, sendo dois pela Uefa Nations League e um amistoso contra o Egito, Michy foi o titular e marcou um gol. Já pelo Fenerbahçe, o atacante vive um início de temporada bem promissor, com 13 jogos e oito gols feitos.

+ Volante da Bélgica considera Seleção Brasileira como a grande favorita na Copa do Mundo

Por outro lado, o jovem Loïs Openda é uma das grandes promessas da Bélgica para os próximos anos. Revelado pelo Club Brugge, o jovem de 22 anos de idade se destacou nas duas últimas temporadas com a camisa do Vitesse, da Holanda, com 13 gols em 38 jogos em 20/21 e 24 gols em 50 jogos em 21/22.

Seu desempenho na Holanda abriu os olhos do Lens, da França, que pagou cerca de 10 milhões de euros pela sua contratação para a atual temporada e já tem colhido os frutos. No clube francês, foram 15 jogos até a parada para a Copa do Mundo, com sete gols marcados.

+ Técnico da Bélgica ameniza derrota em amistoso, mas liga alerta para Copa do Mundo

Em entrevista recente ao site 'Le Soir' da Bélgica, o atacante do Lens falou sobre as suas chances de ter minutos na Copa do Mundo por conta da indefinição acerca do estado físico de Lukaku e da disputa com Batshuayi.

- Meu estado de espírito é sempre o mesmo, independentemente da situação de Romelu. Todos sabemos que Michy é a primeira opção depois de Lukaku. Cabe a mim estar pronto para o que vai acontecer nos próximos dias - destacou.

No último teste antes da Copa do Mundo, no amistoso contra o Egito, os dois atacantes tiveram 45 minutos cada para mostrar serviço. Batshuayi jogou o primeiro tempo e na sua melhor chance acertou uma bola no travessão. Já na etapa final, foi a vez Openda, que teve um grande destaque e foi coroado com um gol nos minutos finais de jogo. O gol não evitou a derrota da Bélgica para o time africano por 2 a 1, mas colocou uma pulga atás da orelha de Roberto Martínez.

Agora, sem a 'sombra' de Lukaku nos dois primeiros jogos, a briga pelo comando de ataque está aberta. Ao que tudo indica, Batshuayi é a primeira opção para Martínez, e talvez seja a bola de segurança do treinador em um torneio tão importante como a Copa do Mundo, mas Openda corre por fora e pode surpreender caso tenha a oportunidade de ser o homem-gol de um time tão talentoso e criativo.