Avião contratado para anunciar sexo de bebê cai nos EUA

O avião carregava mais de 1.300 litros de água tingida de rosa (Foto: Divulgação/FAA)
O avião carregava mais de 1.300 litros de água tingida de rosa (Foto: Divulgação/FAA)

RESUMO DA NOTÍCIA

  • Aeronave carregava mais de 1.300 litros de água com corante rosa

  • Tripulantes só sofreram ferimentos leves

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Um casal contratou uma pequena aeronave para sobrevoar a cidade de Turkey (Texas, EUA) na última sexta-feira (8) e pulverizar mais de 1.300 litros de água com corante cor-de-rosa, anunciando que seu bebê será uma menina. O chá revelação acabou em acidente: após soltar a água, o avião teve uma falha no motor e caiu.

Acredita-se que a falha tenha sido causada pelo excesso de peso, que desestabilizou a aeronave no estilo espanador. Quando o acidente aconteceu, o avião voava a uma altitude baixa. A Administração Federal de Aviação (FAA, na sigla em inglês) relata que o piloto, Raj L. Horan, de 49 anos, não se feriu. Um passageiro sofreu ferimentos leves, e o órgão apontou que a aeronave tem apenas um assento e não foi projetada para transportar duas pessoas.

Leia também

A Agência de Segurança de Transporte Nacional (NTSB, na sigla em inglês) produziu um relatório atestando que, de acordo com o piloto, a aeronave não havia apresentado falhas de funcionamento em qualquer voo anterior.

Esse não é o primeiro anúncio do sexo do bebê que acaba em desastre: em setembro de 2018, um homem se declarou culpado de iniciar um incêndio florestal de 19 mil hectares no Arizona, também nos EUA. Ele decidiu fazer o anúncio atirando o seu rifle em um alvo feito de tannerite, substância altamente inflamável proibida no país. A explosão revelaria a pólvora tingida de azul ou rosa. Ele foi condenado a cinco anos de liberdade condicional prestando serviços para a comunidade, e terá até 20 anos para pagar uma multa equivalente a R$ 880 mil. O prejuízo do incêndio foi estimado em 8 milhões de dólares.

Leia também