Avaí quebra jejum, marca dois e rebaixa Ceará no Campeonato Brasileiro

FLORIANÓPOLIS, SC, 09.11.2022 - Partida entre Avaí e Ceará, válida pela 37ª rodada da série A do Campeonato Brasileiro 2022, realizada no estádio Doutor Aderbal Ramos da Silva (Ressacada), em Florianópolis (SC), na noite desta quarta-feira (9). (Foto: Eduardo Valente/iShoot/Folhapress)
FLORIANÓPOLIS, SC, 09.11.2022 - Partida entre Avaí e Ceará, válida pela 37ª rodada da série A do Campeonato Brasileiro 2022, realizada no estádio Doutor Aderbal Ramos da Silva (Ressacada), em Florianópolis (SC), na noite desta quarta-feira (9). (Foto: Eduardo Valente/iShoot/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O já rebaixado Avaí venceu o Ceará por 2 a 0 nesta quarta-feira (9), na Ressacada, em Florianópolis, e rebaixou matematicamente o rival alvinegro. Natanael e Mateus Sarará marcaram para os donos da casa.

Com a vitória, o Avaí vai aos 32 pontos e quebra um jejum de nove partidas sem a vitória, mas continua sendo vice-lanterna do Campeonato Brasileiro. O Ceará fica em 18º, com 34 pontos, quatro a menos do que o Cuiabá, primeiro time fora do Z4. Com apenas uma rodada faltando, o time já está garantido na Série B do próximo ano.

Os visitantes começaram a partida mais ofensivos, finalizando sete vezes, mas não conseguiram furar a defesa catarinense.

Os anfitriões abriram o placar aos quatro minutos da segunda etapa, com Natanael. O Ceará investiu no ataque e esboçou uma reação, mas o Avaí selou a partida aos 45, com gol de cabeça de Mateus Sarará.

Agora, o time alviceleste se prepara para encerrar a temporada no sábado (12), quando vai até o Rio de Janeiro enfrentar o Flamengo, no Maracanã. No domingo (13), o Ceará recebe o Juventude.

AVAÍ

Vladimir; Oleques, Wellington, Felipe e Natanael; L. Ventura, Eduardo (Mateus Sarará), B. Silva (Marcinho); Vitinho (Muriqui), Marcinho (Lucas Silva) e Pablo Dyego (Gaspar). T.: Fabrício Bento

CEARÁ

João Ricardo; Nino Paraíba (Buiú), Luiz Otávio, David Ricardo, Victor Luis; Richard (Cléber), Richardson (Erick), Vina; Lima, Mendoza e Jô. Técnico: Juca Antonello

Estádio: Ressacada, em Florianópolis (SC)

​Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira (Fifa/SP)

Assistentes: Alex Ang Ribeiro (SP) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP)

VAR: Thiago Duarte Peixoto (SP)

Cartões amarelos: Pablo Dyego, Vitinho e Sarará (AVA), Luiz Otávio, Richard Coelho e David Ricardo (CEA)

GOLS: Natanael (AVA), aos 4', e Mateus Sarará (AVA), aos 45'/2ºT