Avaí vence, sobe para o 3º lugar na Série B e praticamente 'enterra' as chances de acesso à elite do Cruzeiro

·2 min de leitura


O Cruzeiro disse adeus a qualquer chance de acesso a ser derrotado pelo Avaí por 1 a 0, gol de Lourenço, nesta sexta-feira, 22 de outubro, pela 31ª rodada da Série B. Com o resultado, a Raposa segue na 12ª colocação, com 39 pontos, podendo chegar no máximo a 60 se vencer todos os jogos, algo improvável pelo desempenho da equipe em campo.

O Leão chegou aos 53 pontos, subindo para a terceira posição e ficando firme na busca por uma vaga na Série A de 2022.

A partida foi de baixo nível técnico, com o Cruzeiro tendo poucos momentos bons no jogo, mas levando outro gol de jogada aérea, o 20º nesta temporada, dos 47 sofridos.

Para um possível acesso, todos os times do G4 teriam de parar de pontuar e a Raposa vencer seus últimos sete jogos na competição. A performance do time azul mostra que é melhor pensar na Série B de 2022 com calma e planejamento.

Jogo fraco, venceu o menos pior

O Avaí se aproveitou de uma falha costumeira do Cruzeiro, de levar gols pelo alto, com a defesa celeste ficando sem ação na hora de se defender. O Avaí não teve nada de especial para levar os três pontos, porém, conseguiu por a bola na “casinha! e segue muito forte na briga pelo acesso.

Pensar em 2022 com calma

O Cruzeiro tem uma série de coisas a serem feitas. Principalmente se organizar fora de campo, respeitando seus funcionários e elenco, com salários em dia, dentro da realidade do clube. É hora de humildade para trilhar uma volta à elite nacional.

Próximos jogos

A Raposa recebe o Remo na quinta-feira, 28 de outubro, às 21h30, no Mineirão. O Avaí encara o Operário-PR na sexta-feira, 30, às 19h, em Ponta Grossa, no Paraná.


FICHA TÉCNICA DA PARTIDA

AVAÍ 1 X 0 CRUZEIRO
Data: 22 de outubro de 2021
Horário: 21h30 (de Brasília)
Local: Ressacada, Florianópolis (SC)
Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza (SP)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse e Daniel Paulo Ziolli (ambos de SP)
VAR: Marcio Henrique de Gois (SP)
Gols: Lourenço, aos 11’-2ºT(1-0)
Cartões amarelos: Betão (AVA), Lucas Ventura (CRU)
Cartões vermelhos:
Público e renda: 4.151 torcedores. Total de pagantes: 1.503/Renda não divulgada

AVAÍ (Técnico:Claudinei Oliveira)

Glédson; Edílson (Iury, aos 35’-2ºT), Alemão, Betão e Diego Renan; Bruno Silva (Márcio Cerrato, aos 25’-2ºT), Lourenço (Valdívia, aos 35’-2ºT) e Jean Cléber; Jadson (Vinicius Leite, aos 9’-2ºT), Copete e Romulo (Getúlio, aos 9’-2ºT).

CRUZEIRO (Técnico:Vanderlei Luxemburgo)

Fábio, Rômulo, Ramon, Eduardo Brock, Matheus Pereira, Lucas Ventura (Ariel Cabral, aos 17’-2ºT), Flávio, Marco Antônio (Wellington Nem, aos 36’-1ºT), Bruno José, Thiago (Marcelo Moreno, aos 40’-1ºT) e Vitor Leque (Marcinho, aos 18’-2ºT)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos