Tite elogia presença de Gabigol e opina sobre próximo adversário da Seleção na Copa América

·1 minuto de leitura


Tite, técnico da Seleção Brasileira, elogiou a presença de Gabigol no ataque na última partida em que a equipe empatou com o Equador em 1 a 1 pela Copa América no último domingo. O comandante exaltou a parceria entre o jogador do Flamengo e Everton Cebolinha.

- O Gabriel Barbosa ataca o espaço com maestria. É o que faz no Flamengo e o que é requisitado a ele na Seleção Brasileira também. Assim como o Cebolinha, são dois jogadores que atacam o espaço. Na articulação, tivemos o Firmino e o Paquetá, que flutuava de fora para dentro.

> Veja a tabela da Copa América

Cléber Xavier, auxiliar de Tite, também comentou sobre o processo de adaptação do camisa 20 neste período de jogos em que serve o Brasil.

- Novos atletas chegam dentro de um conceito em que trabalhamos, desenvolvemos, tendo melhores ligações. O Gabriel está começando o seu segundo jogo se não me engano. É um processo que demora um pouco, mas o Tite falou das qualidades dele.

Sobre o futuro adversário na Copa América, o comandante não tem preferência por Chile ou Uruguai, mas sabe que terá um duro confronto nas quartas de final.

- Sem escolha. Tradição, qualidade, técnica individual, peso da camiseta. Atletas qualificados. Grandes técnicos. Não dá para escolher. Vai haver um enfrentamento com um dos três últimos campeões da Copa América ou de um clássico sul-americano histórico, entre Brasil e Uruguai.

Na fase de grupos, a Seleção terminou sua campanha de maneira invicta após três vitórias e um empate, além de garantir a primeira colocação no Grupo B. O Brasil conhece seu rival da próxima fase nesta segunda-feira e volta a jogar apenas na sexta-feira.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos