Auxiliar de Luxemburgo, Maurício Copertino destaca retorno ao Vasco: 'É um clube onde me sinto em casa'

LANCE!
·2 minuto de leitura


No último dia de 2020, o Vasco anunciou o retorno de Vanderlei Luxemburgo ao comando técnico da equipe, Além dele, Antônio Mello (coordenador da preparação física), Maurício Copertino (auxiliar) e Daniel Félix (preparador físico) irão compor a comissão técnica do Cruz-Maltino nesses últimos 12 jogos pelo Brasileirão.

> Confira a tabela atualizada do Brasileirão 2020 e simule os resultados

Em entrevista à Vasco TV, Maurício Copertino destacou que se sente em casa ao retornar ao Vasco. Além disso, o profissional afirmou conhecer boa parte dos atletas e que tem certeza que a equipe fará doze grandes jogos e irá se afastar da incômoda zona de rebaixamento.


- Primeiro é um grande prazer estar voltando para o Vasco. É um clube que eu me sinto em casa. A torcida e o clube me acolheu de uma maneira muito bacana e respeitosa com o nosso trabalho. E está sendo muito legal essa volta. Conheço a maioria dos jogadores e do staff. Estou em casa e todos nós juntos com o Vanderlei faremos doze grandes jogos no Brasileiro para deixar a equipe em uma situação muito boa - disse à Vasco TV

Durante a entrevista, Copertino também explicou como a comissão técnica trabalhou para a partida diante do Atlético-GO. Ele ressaltou o cuidado com a questão física dos atletas e que foram feitas várias atividades: táticas, físicas e de fundamentos para a equipe chegar bem preparada ao jogo em Goiânia.

- Na realidade estamos pegando uma semana cheia, mas que tem que ter muito cuidado com os atletas. A gente ainda não entende a parte física e tem que ter um cuidado especial. Procuramos fazer um mix de várias coisas. Trabalho tático com o Vanderlei, mas também trabalho de repetição e de finalização. Sempre importante o jogador estar fazendo o movimento de gol. A equipe está precisando nesse momento calibrar um pouco - salientou.

O Vasco entra em campo nesta quinta, diante do Atlético-GO, às 21h (de Brasília), no estádio Antônio Accioly, em Goiânia. Com 28 pontos, o Gigante da Colina é a primeira equipe da zona de rebaixamento, e necessita reencontrar o caminho das vitórias para se afastar do Z4.