Auxiliar de Diniz minimiza desfalques: 'O Santos tem uma magia'

·1 minuto de leitura


O auxiliar técnico Eduardo Zuma, que substituiu Fernando Diniz na vitória contra o Athletico-PR, nesta terça-feira, comentou sobre o trabalho que vem realizando com o treinador santista e reforçou o time "trabalhador" que a comissão técnica tem em mãos.

O técnico passou a ser "o primeiro" auxiliar de Diniz, já que Márcio Araújo, que chegou ao Santos junto o treinador, pediu demissão ao clube.

- Meu trabalho é dar respaldo para o Fernando. Auxiliar serve o treinador, jogadores e clube. É fazer o melhor para as coisas acontecerem. Atentos junto com a análise sobre o adversário, pré e pós-treino, mas o principal é potencializar o trabalho do treinador - disse.

- Admiro muito o Diniz e agradeço pela força que me deu antes do jogo. Trabalhamos assim, potencializando treinador e sendo o elo entre alguns meios do clube - completa.

Eduardo Zuma também falou sobre o grupo do Santos e citou não só os jogadores, como funcionários, comissão técnica e direção.

- O Santos tem uma magia aqui dentro. Ambiente maravilhoso, clima contagiante, só quem vive aqui dentro para entender essa energia. O que a gente sente é que o grupo é muito trabalhador. É natural perder peças por cartão, desgastes, em virtude de algum imprevisto, mas o grupo é muito bom e o ambiente é maravilhoso, funcionários, comissão, direção. Isso contribui para quem entrar, entre bem - finaliza.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos