Auxiliar de Jesus confirma encontro com dirigentes do Fla

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Flamengo
    Flamengo
  • Jorge Jesus
    Treinador e ex-futebolista português
ESTORIL, PORTUGAL - OCTOBER 30: Jorge Jesus of SL Benfica with Joao de Deus of SL Benfica during the Liga Bwin match between GD Estoril Praia and SL Benfica at Estadio Antonio Coimbra da Mota on October 30, 2021 in Estoril, Portugal.  (Photo by Gualter Fatia/Getty Images)
João de Deus, porém, disse que treinador não quer abandonar o Benfica nesse momento. Foto: (Gualter Fatia/Getty Images)

A novela envolvendo Flamengo e Jorge Jesus teve mais um capítulo nesta quarta-feira. João de Deus, auxiliar técnico do Mister, concedeu entrevista coletiva na sala de conferências do Benfica e confirmou um encontro entre o treinador português e a comitiva rubro-negra que está na Europa. Marcos Braz e Bruno Spindel, vice-presidente de futebol e diretor executivo de futebol, respectivamente, tiveram uma reunião com o ex-comandante do Flamengo nesta semana com ciência de Rui Costa, presidente do clube português, segundo João de Deus.

O auxiliar técnico, porém, sentiu a obrigação de pontuar que ele, Jorge Jesus e o restante da comissão técnica continuarão no Benfica e não atravessarão o Oceano Atlântico novamente: "Estou aqui porque o nosso treinador foi punido (Jorge Jesus cumpre suspensão), senão ele teria todo o gosto em responder. Em relação às notícias, tenho falado muito com o Mister e especificamente hoje mais ainda. Ontem (terça) houve um encontro (dele) com os amigos do Flamengo e devidamente autorizado pelo Benfica e com o conhecimento de Rui Costa. O Mister disse que não pode e nem quer neste momento abandonar o Benfica. Há um contrato para cumprir, quer cumprir e quer ganhar títulos no Benfica. Foi isso que nos fez vir para a Portugal novamente".

Leia também:

Incomodado com as perguntas da imprensa lusitana, uma vez que a entrevista coletiva deveria ter como pauta a partida contra o Porto pelas oitavas de final da Taça de Portugal, João de Deus completou falando que: "De uma vez por todas, queremos acabar com as dúvidas. Podem falar que é o João de Deus que está falando e não o Mister. Mas essa mensagem me foi passada por Jesus na presença do diretor-geral Rui Pedro Braz e do presidente Rui Costa. É uma mensagem fidedigna. Acabaram as dúvidas em relação a este tema. Tudo o que se tem falado não se desvia em absoluto daquilo que queremos: títulos no Benfica".

A diretoria do Benfica também se manifestou através de nota oficial publicada em seu site e nos perfis oficiais nas redes sociais, confira: "O Benfica e o seu treinador Jorge Jesus refutam cabalmente a existência de qualquer acordo com o Flamengo para a liberação da sua comissão técnica mediante entendimento entre os clubes. Jorge Jesus tem contrato e está focado nos objetivos esportivos do clube, sendo manifestamente falso e descabido que tenha demonstrado qualquer vontade de regressar ao Brasil nesta altura. O Benfica lamenta que, na véspera de uma partida decisiva para a sua continuidade na Taça de Portugal, um órgão de informação com a chancela CNN se predisponha a disseminar informações falsas e já desmentidas em direto pelo próprio representante do Flamengo. Jorge Jesus, ao contrário do que foi divulgado pela CNN Portugal, não deseja voltar ao Brasil, mas sim voltar a ser campeão Benfica”.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos