Auxiliar campeão com Abel na base do Sporting avisa: 'Teimoso à sua maneira, mas uma teimosia positiva'

LANCE!/NOSSO PALESTRA
·2 minuto de leitura


Luis Dias é um treinador de futebol que conhece o Sporting como poucos. Foram 23 anos no clube e ajudou a formar atletas como Cristiano Ronaldo. Em uma das temporadas na base, trabalhou com Abel Ferreira, até então um jogador que acabara de encerrar a carreira por conta de lesões.

A primeira experiência fora das quatro linhas aconteceu como auxiliar técnico do sub-19. No meio da temporada 2011/2012, o time principal ficou sem técnico e o comandante da base foi lançado aos profissionais. Foi aí que Abel e Luis passaram a trabalhar juntos.

Luis Dias e Abel Ferreira
Luis Dias e Abel Ferreira

Luis Dias ao lado de Abel Ferreira no Sporting (Reprodução)

- O Abel sempre foi um jogador que absorvia muito dos seus treinadores. Era certo que seria técnico. Trabalhamos juntos naquela temporada e fomos campeões nacionais - recorda Luis Dias, ao LANCE!/NOSSO PALESTRA.

O ex-companheiro dos tempos de Sporting relembra como foi trabalhar com Abel. Tem perfil professor, principalmente com os mais jovens, e gosta de desafios, como vai encontrar no Palmeiras.

- Gosta de desafios e é rigoroso naquilo que faz. É um treinador teimoso à sua maneira, mas uma teimosia positiva. Trabalha muito para que os jogadores possam evoluir. Tem um perfil professor e gosta de ensinar. Com a experiência dele, penso que vai conseguir dar um ar europeu ao iniciar o trabalho - comenta Luis, relembrando passagem daquele ano vitorioso junto com Abel.

- Era a parte final da temporada e fomos jogar contra o Vitória de Guimarães, fora de casa. Começamos muito mal e com 21 minutos já estávamos perdendo por 3 a 0. Primeiro tempo terminou 3 a 1. No intervalo, Abel manteve a sua personalidade, fez o que a acredita com o seu método e voltamos para a etapa final. Viramos aquele jogo, vencemos por 4 a 3 e o resultado foi fundamental para ganharmos o título - recorda.

O ano em que foram campeões juntos traz lembranças de atletas que viram nascer como João Mário, revelado pelo Sporting e vendido para a Inter de Milão por R$ 144 milhões, em agosto de 2016. Campeão europeu no mesmo ano, ele retornou ao clube português, por empréstimo nesta temporada.

- Além do João (Mário), aquele time campeão tinha outros jovens como o zagueiro Rúben Semedo, atualmente no Olympiakos. O Abel sabe trabalhar muito bem com garotos - completa.

Luis Dias deixou o Sporting no ano passado e se dedica a projetos pessoais relacionados às categorias de base em Portugal. É o único do clube português a ser campeão por todas as idades antes do profissional. Um desses títulos ao lado de Abel, novo comandante do Palmeiras.​