Autuori sai do Maracanã satisfeito com atuação do Furacão

O Atlético Paranaense lutou até o final, teve gol pedido anulado, mas não evitou a derrota para o Flamengo por 2 a 1, no Maracanã, o primeiro revés na fase de grupos da Libertadores da América. O técnico Paulo Autuori admitiu que a equipe não entrou em campo com a pegada necessária nos primeiros minutos e isso foi fundamental na construção do resultado.

‘Nosso time estava sem reação no começo do jogo. O Flamengo chegou três vezes e fez dois gols e uma na trave. Mas tivemos o controle do jogo. Foi um jogo muito igual. Pagamos no começou do jogo por estar a diesel. E precisamos de gasolina de altíssima octanagem”, avaliou o treinador, que ainda assim se mostrou tranquilo para a sequência do torneio. “Saímos perfeitamente tranquilos sobre a disputa pelas duas vagas. É um grupo muito equilibrado”, acrescentou.

O comandante atleticano viu total equilíbrio entre os times e, por isso, acredita que o jogo da volta está totalmente aberto, com possibilidade de devolver o resultado. “Não devemos nada ao Flamengo. A equipe esteve bem, sofreu naquele período, e depois jogou com a bola no chão, tentou usar bem os lados do campo. Assim saiu o gol e poderia ter saído outro”, disse.

Autuori voltou a criticar o calendário do futebol brasileiro, especialmente e por ter jogado um clássico no domingo, mas ainda assim conseguiu ver em seu time coisas boas que espera manter para os confrontos decisivos. “As equipes brasileiras sofrem muito para se recuperar de um jogo para o outro. Foi assim hoje. Depois se soltou. Mas não é um problema só nosso. Mas, saio satisfeito com o jogo coletivo”, concluiu.