Autoridades equatorianas permitem presença de 50% de público no duelo entre Equador e Brasil

·1 min de leitura
Estádio receberá 20 mil torcedores. Ingressos já estão vendidos (Foto: José Tramontin / athletico.com.br)


A partida entre as seleções do Equador e Brasil contará com presença de torcedores. O comitê de gestão de riscos do país reviu sua decisão e deu aval para que o Estádio Rodrigo Paz Delgado tenha capacidade de 50% de público para o confronto entre as duas seleções, nesta quinta-feira (27), pelas Eliminatórias da Copa do Mundo.

A decisão saiu após análise em reunião ocorrida nesta quarta-feira e muitos dias de pressão da Federação Equatoriana de Futebol e um apelo do presidente do Equador, Guillermo Lasso.

Os órgãos de saúde locais tinham precaução pelo crescimento de casos de Covid-19 no país O assunto ficou em pauta na coletiva de imprensa da seleção eqautoriana e, em meio a apelos do mandatário da Federação Equatoriana de Futebol, Francisco Egas, e do técnico Gustavo Alfaro. Ambos recordaram que apenas o Equador jogaria sem torcedores como mandante nesta rodada.

Diante disto, o Estádio Rodrigo Paz Delgado será liberado para 20 mil torcedores. Os ingressos já estavam, inclusive, esgotados quando houve a determinação anterior, para que a partida acontecesse sem público.

Após intervenção do presidente Guillermo Lasso, houve a reviravolta na decisão. O Equador enfrenta o Brasil nesta quinta-feira (27). A Seleção Brasileira, já classificado, lidera as Eliminatórias com 35 pontos e o Equador está em terceiro, com 23.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos