Autoridades confirmam última edição do GP da Malásia neste ano

A última edição do Grande Prêmio da Malásia de Fórmula 1 acontecerá nesta temporada. A principal categoria do automobilismo mundial anunciou nesta sexta-feira que o circuito asiático não irá fazer parte do calendário a partir de 2018, e a tendência é que o traçado de Hockenheimring, na Alemanha, seja o substituto.

O Primeiro Ministro da Malásia Najib Razak também se manifestou após a definição da saída do país do calendário da Fórmula 1.

“Trazer a Fórmula 1 ajudou a promover o país como um destino para esportes internacionais e turismo, no entanto, o governo decidiu reavaliar por conta de mudanças negativas desde o primeiro GP, em 1999”, afirmou o primeiro ministro malaio.

Sob nova direção após a compra pelo grupo Liberty Media, a Fórmula 1 deverá sofrer algumas mudanças de calendário a partir da próxima temporada, já que os novos dirigentes planejam levar a categoria a territórios estratégicos e fidelizar o público novamente. É possível, inclusive, que haja mais de um GP nos EUA.

Quem tem retorno garantido na Fórmula 1 é a França, que não integra o calendário desde 2008. O brasileiro Felipe Massa, ainda correndo pela Ferrari, foi o último a vencer no circuito. Com a possível entrada da Alemanha, a Europa contará com um número ainda mais considerável de GPs a partir do ano que vem.

Leia também