Autor do gol do título do Chelsea, Havertz já perdeu jogo da Champions para fazer prova de geografia

·1 minuto de leitura
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Contratado por 71 milhões de libras (cerca de R$ 500 milhões) pelo Chelsea na última janela de transferências, o meia-atacante alemão Kai Havertz, de apenas 21 anos de idade, foi o homem que marcou o gol do título do bicampeonato europeu dos Blues, neste sábado, na vitória por 1 a 0 frente ao Manchester City, no Estádio do Dragão.

No entanto, a história de Havertz na Champions League vai além do gol do título marcado neste sábado. Em 2017, quando ainda defendia o Bayer Leverkusen, o meia-atacante não entrou em campo pelo jogo de volta contra o Atlético de Madrid, pelas oitavas de finais da competição.

Com 17 anos de idade, Havertz ficou de fora dos relacionados para o jogo decisivo para realizar uma prova de geografia, na época, pelo ensino médio. Na época, o LANCE! conversou com a assessoria do Bayer Leverkusen e teve uma reposta curiosa de Havertz.

- Fiz um pré-exame de quatro horas, de geografia, na terça-feira. Minha sensação é muito boa (sobre o resultado da prova), tudo deve sair bem - disse o meia-atacante, via assessoria de imprensa do Leverkusen.

O fato é que Havertz, mesmo após perder um jogo decisivo da Champions em 2017 para fazer uma prova, realizou o sonho de qualquer jogador de futebol em 2021, ao marcar o gol que deu o título para o Chelsea.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos