Autor do gol que colocou o Serrano na final da Taça Maracanã, Adrianinho celebra momento, mas pede foco

·1 minuto de leitura


Com todo drama e polêmica inerentes a um gol decisivo de pênalti aos 55 minutos do segundo tempo, o Serrano bateu o São Gonçalo por 2 a 1 e se classificou pra a final da Taça Maracanã, o primeiro turno do Estadual B-1. O adversário na final do próximo sábado será o Pérolas Negras, em Resende.

>>> Confira a tabela de classificação do Brasileirão 2021


Mesmo jogando fora de casa, no Alzirão, em Itaboraí, o Serrano saiu na frente aos 21 do primeiro tempo com Gustavo, enquanto Yuri Soares empatou para o São Gonçalo, dois minutos depois. Mesmo com chances de gols para as duas equipes, o placar ficou igual até a reta final da partida, quando o Leão da Serra teve a oportunidade de desempatar em uma cobrança de pênalti. Depois de muita reclamação do time da casa, o árbitro só autorizou a cobrança aos 55 minutos, quando Adrianinho bateu para colocar o time de Petrópolis em vantagem.

- Foi um momento decisivo, eu sabia que tinha que manter a concentração enquanto o time deles estava tentando “catimbar”. Sabia que era o último lance do jogo, tive que focar no que eu precisava fazer, graças a Deus fui coroado com o gol e classificação para a final. Agora é mais uma semana de pés no chão e de muito trabalho porque ainda não tem nada decidido e temos que manter o foco no objetivo principal que é o título – contou Adrianinho, que teve sangue frio para decidir o jogo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos