Australiano se torna o mais jovem a disputar jogo eliminatório em Copas desde Pelé

Garang Kuol finalizou para grande defesa de Emiliano Martínez (GLYN KIRK / AFP)


Com 18 anos e 79 dias, o australiano Garang Kuol se tornou neste sábado, na derrota diante da Argentina por 2 a 1, o jogador mais jovem a disputar uma partida eliminatória de uma Copa do Mundo desde Pelé, que registrou sua marca em 1958, com 17 anos e 249 dias.

A informação, confirmada pela empresa de dados esportivos Opta, quase foi festejada em grande estilo, mas o goleiro argentino Martínez defendeu um chute de Kuol já nos acréscimos do segundo tempo que poderia ter levado a partida para a prorrogação e mudado a sorte da Austrália.

Kuol nasceu no Egito depois que seus pais fugiram do Sudão do Sul por causa da guerra civil. Ele cresceu em um campo de refugiados antes de fazer as malas para a Austrália com sua família com apenas seis anos de idade.

Em seu novo país, explodiu como jogador de futebol, despontou como uma das joias do futebol australiano e em janeiro se juntará ao elenco do Newcastle United.

+ Confira e simule a tabela da Copa do Mundo

O jogador se envolveu em um dos lances mais importantes do revés deste sábado. Ao receber na área, finalizou para grande defesa de Emiliano Martínez, que salvou e sacramentou a classificação da Argentina para as quartas de finais para encarar a Holanda.

O novo confronto entre Argentina e Holanda está marcado para a próxima sexta-feira, às 16h, no Lusail. Quem avançar pode enfrentar Brasil, Coreia do Sul, Croácia ou Japão em uma possível semifinal.