Austrália volta a negar visto de Djokovic para proteger “sacrifício” da população na pandemia

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Novak Đoković
    Novak Đoković
    Tenista sérvio

O segundo cancelamento do visto do tenista Novak Djokovic, anunciado pelas autoridades australianas, visa proteger o resultado do "sacríficio" dos australianos durante a epidemia de Covid-19, submetidos a um rígido lockdown. A declaração foi dada nesta sexta-feira (14) pelo primeiro-ministro do país, Scott Morrison, e diminui as esperanças do atleta de disputar o Aberto da Austrália, que começa na próxima segunda-feira (17).

"Os australianos se sacrificaram muito durante essa pandemia, e querem, com razão, que o resultado desse sacrifício seja protegido", declarou o premiê em um comunicado, comentando o caso do jogador sérvio, que pretendia entrar no país sem estar vacinado contra a Covid-19.

O juiz Anthony Kelly, que havia impedido a expulsão do tenista no início da semana, deve realizar uma audiência em caráter de emergência nesta sexta-feira (14) para analisar o caso, informou, em um comunciado, o tribunal federal australiano. O pedido foi feito pelos advogados de Djokovic.

Na sequência, as autoridades australianas aceitaram interromper o processo de expulsão do tenista até o anúncio da decisão da Justiça. Ele não será detido antes do interrogatório previsto neste sábado (15) de manhã, segundo seu advogado, Stephen Lloyd.

Nesta sexta-feira, o ministro australiano da Imigração, Alex Hawke, anunciou que o visto do tenista sérvio Novak Djokovic havia sido cancelado pela segunda vez.

Erro no formulário

O tenista desembarcou em Melbourne para disputar o 21º título do Aberto da Austrália, um recorde absoluto no circuito masculino, e romper o empate triplo com o espanhol Rafael Nadal e o suíço Roger Federer (os três possuem 20 títulos). Federer está ausente do torneio por lesão.


Leia mais

Leia também:
Djokovic está isento da vacina porque teve Covid em dezembro, dizem advogados
Djokovic obtém vitória na justiça, mas ainda corre risco de ser expulso da Austrália
Governo australiano estima que visa de Djokovic deve ser recusado

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos