Austrália vence a Dinamarca e avança às oitavas pela segunda vez em uma Copa do Mundo


Em confronto direto pela segunda vaga do Grupo D, a Austrália venceu a Dinamarca por 1 a 0 nesta quarta-feira no Estádio Al Janoub. Com o resultado, os australianos somaram seis pontos e garantiram a classificação para as oitavas pela segunda vez em uma Copa do Mundo, a primeira foi em 2006. Já a Dinamarca se despede do Mundial em último colocado. Nas cinco participações anteriores, os dinamarqueses só foram eliminados na fase de grupos em 2010.

Com a vitória, a Austrália se junta a França, que foi a primeira classificada do Grupo D e aguardam os adversários do Grupo C formado por Polônia, Argentina, Árabia Saudita e México, que se enfrentam ainda nesta quarta-feira.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

PRIMEIRO TEMPO: DINAMARCA LEVA PERIGO, MAS NÃO MARCA

A Dinamarca foi melhor, levando perigo ao campo adversário, principalmente pelos lados, explorando bem e envolvendo a defesa australiana. Já a Austrália estava apostando mais na marcação, mas sem continuidade de jogada, sem posse de bola e sem atacar. Apenas defendendo o alto volume de jogo dos dinamarqueses, que criaram mais jogadas.

Australia x Dinamarca
Australia x Dinamarca

Dinamarca levou mais perigo no primeiro tempo (Foto: Nicolas Tucat/ AFP)

SEGUNDO TEMPO: AUSTRÁLIA NO JOGO

Austrália começou mais ofensiva nos primeiros minutos, oferecendo dificuldade na saída dos dinamarqueses com marcação alta. Em um rápido contra-ataque, os australianos conseguiram marcar o gol do jogo. Depois de abrir o placar, a partida ficou mais movimentada, em que ambas as seleções buscavam levar perigo. Nos acréscimos, a Dinamarca teve algumas oportunidades de empatar o placar, mas não foi eficiente nas finalizações.

Australia x Dinamarca
Australia x Dinamarca

Austrália começou segundo tempo mais ofensivo (Foto:NICOLAS TUCAT/ AFP)

O PLANO DEU CERTO

A Austrália precisava de um empate para se classificar e jogava por uma bola desde o início do jogo. Aos 15 minutos da segunda etapa em um contra ataque rápido que começou na área defensiva australiana, Leckie foi lançado em profundidade, deu dois dribles em Maehle e chutou cruzado para marcar o único gol do jogo.

Australia x Dinamarca
Australia x Dinamarca

Leckie marcou o gol do jogo (Foto:EFE/EPA/Rolex dela Pena)

TROCA TROCA

O gol australiano aconteceu minutos depois da Tunísia abrir o placar contra a França e assumir a segunda colocação do grupo, o que eliminaria a Austrália pelo saldo de gols. Leckie marcou e a seleção da Austrália reassumiu a posição.

PÊNALTI! Não, pera.. Bandeirinha deu Impedimento

O atacante Dolberg da Dinamarca caiu na área após lançamento e o juiz apitou apontando para a marca do pênalti, mas o bandeirinha assinalou impedimento na jogada.

DECEPÇÃO

A Dinamarca passou a Copa sem vencer um jogo. A seleção era considerada a favorita para se classificar junto com a França, mas somou apenas um ponto em três jogos. Foi um empate sem gols com a Tunísia na primeira rodada e duas derrotas na sequência, contra os franceses e Austrália em jogo decisivo.

Além disso, foi apenas um gol marcado, por Andreas Christensen na derrota por 2 a 1 para a França e três sofridos. Com um aproveitamento de apenas 11%.

Australia x Dinamarca
Australia x Dinamarca

Eriksen, capitão da seleção da Dinamarca  (Foto:Paul ELLIS / AFP)

FICHA TÉCNICA
AUSTRÁLIA X DINAMARCA

Local: Al Janoub, no Qatar (QAT)
Data e hora: 30/11/2022, às 12h (de Brasília)
Árbitro:
Mustapha Ghorbal (ALG)
Assistentes: Mokrane Gourari (ALG) e Abdelhak Etchiali (ALG)
VAR: Mauro Vigliano (ARG)
Renda/Público: Não informado

Gol: Leckie (1-0 15'2°)

Cartões Amarelos: Behich e Degenek (AUS), Skov (DIN)

Cartão Vermelho: Não teve

AUSTRÁLIA (Técnico: Graham Arnold)

Ryan, Degenek, Souttar, Rowles e Behich; Leckie (Hrustic 43'2°), Mooy, Irvine e Goodwin (Baccus - Intervalo); McGree (Wright 28'2°) e Duke (Maclaren 36'2°).

DINAMARCA (Técnico: Kasper Hjulmand)

Schmeichel, Andersen, Maehle (Skov 23'2°) e A. Christensen; Kristensen (Bah - Intervalo), Hojbjerg, Eriksen e Jensen (Damsgaard 13'2°) ; Skov Olsen (Cornelius 23'12°), Lindstrom e Braithwaite (Dolberg 13'2°).