Áudios revelam suspeito elogiando Daniel antes de confissão

Daniel em treino pelo São Paulo em 2016 (CHELLO/FramePhoto/Gazeta Press)
Daniel em treino pelo São Paulo em 2016 (CHELLO/FramePhoto/Gazeta Press)

Antes de confessar ter assassinado Daniel Corrêa, o empresário Edson Brittes mandou áudios a um amigo do meia falando que não sabia como ele tinha ido embora da festa e sem mencionar as agressões ou a acusação de que ele teria estuprado sua mulher Cristiana. Os áudios foram publicados inicialmente pelo UOL Esporte na noite desta segunda.

Você já viu o novo app do Yahoo Esportes? Baixe agora!

Os áudios são de uma conversa entre o suspeito Edson, também conhecido como “Juninho Riqueza”, e um amigo de Daniel que não identificado, mas que tinha sido cobrado pela mãe do atleta sobre notícias do filho.

Confira as principais partes dos áudios:

Como Daniel chegou até a festa

“Eu vim embora [de uma festa em uma boate] com meu carro antes. Ele veio pra cá de Uber com outro pessoal. Esse pessoal tava lá também, que era um rapaz e duas meninas. Aí eles ficaram aqui, entraram… Aí teve um pessoal que tava muito cansado foi dormir e a gente continuou aqui”.

Estado de Daniel

“Vou falar pra você: mas ele tava muito bêbado. Meu Deus do céu.”

Relação entre Daniel e filha

“Ela [Allana, filha do casal] é tão amiga dele que ele veio só para o aniversário dela. Era um querido dela, imagine. Veio de longe só para a festa dela, era uma pessoa muito querida pela gente. Meu Deus, sem palavras”.

Oferecimento de ajuda

“A gente quer ajudar de qualquer forma, o que a gente puder fazer, a gente pode dar depoimento, a gente pode ir na delegacia, a gente quer ajudar e a gente também tá desesperado. Eu tava querendo levar a Allana lá na delegacia. O que você acha?”

“Liguei pra irmã dele agora, ela não conseguiu falar. Falei ‘Olha, sou o pai da Allana, eu quero poder ajudar. O que a gente pode fazer?’. Ela ficou muda, não sei”.

Como Daniel foi embora

“A gente também não sabe o que aconteceu, só que ele foi embora. (…). Você viu o tamanho que é o terreno aqui da minha casa. Como o terreno aqui é grande, a gente estava no fundo da casa. Ele saiu andando, o terreno tem 40 metros e o portão estava aberto porque ia chegar mais gente”.

Leia mais:
Magrão aproveita tempo livre para seguir o filho
Antônio Lopes relembra carreira e ‘decepção’ antes de Copa
Fla: Situação e oposição já procuraram Renato Gaúcho

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos