Aubameyang e Lemina são cortados de Gabão por complicações cardíacas pós-covid

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Aubameyang volta ao Arsenal onde está afastado por indisciplina. Foto: Michael Regan/Getty Images
Aubameyang volta ao Arsenal onde está afastado por indisciplina. Foto: Michael Regan/Getty Images

Desfalques de Gabão que empatou com Gana em 1 a 1 pela segunda rodada da Copa Africana de Nações, o atacante Pierre-Emerick Aubameyang, do Arsenal e o volante Mario Lemina, do Nice, vão retornar aos seus clubes depois de exames detectarem alterações cardíacas pós-covid.

A ideia era manter os jogadores em recuperação para tentar utilizá-los ainda durante o campeonato entre seleções africanas, mas o treinador Patrice Neveu em entrevista coletiva informou a dispensa dos jogadores de acordo com orientações do corpo médico.

Leia também:

A decisão foi tomada no domingo (16), antes do último encontro do grupo de terça-feira contra Marrocos, e deixou o treinador desapontado.

“No entanto, perder Pierre-Emerick e Mario, é muito para este time. Não temos a seleção da Nigéria ou do Marrocos e sabemos que estamos em uma competição difícil”, lamentou.

Na sexta-feira a seleção gabonense explicou a ausência dos dois e também de Axel Meyé entre os relacionados para o confronto contra Gana.

“De acordo com a comissão médica da Confederação Africana de Futebol (CAF), os jogadores Pierre-Emerick Aubameyang, Axel Meyé e Mario Lemina, recém-saídos da Covid-19, não podem participar desta partida. Os exames mostrariam lesões cardíacas. A CAF não quis correr nenhum risco”, informou o Gabão.

Aubameyang já tinha desfalcado a seleção de seu país na estreia do torneio, contra Comores. A notícia gerou polêmica já que poucos dias anteso atacante tinha sido flagrado festejando com companheiros de equipe quando estavam em Dubai.

A Copa Africana de Nações era uma possibilidade para o jogador mostrar seu potencial e até tentar uma transferência, já que acabou afastado do Arsenal por indisciplina.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos