Aubameyang, do Arsenal, diz ter contraído malária mas se recupera bem

·1 minuto de leitura
Pierre-Emerick Aubameyang tem tido uma participação irregular no time do Arsenal nas últimas semanas

O capitão do Arsenal, Pierre-Emerick Aubameyang, revelou que contraiu malária durante a janela de jogos internacionais pela seleção do Gabão no mês passado.

O atacante desfalcou seu time no domingo na vitória por 3 a 0 sobre o Sheffield United e também perdeu o jogo de quinta-feira contra o Slavia Praga, na volta das quartas de final da Liga Europa.

"Infelizmente, contraí malária quando estava com a seleção do Gabão há algumas semanas. Passei alguns dias no hospital esta semana, mas me sinto melhor a cada dia. Obrigado aos médicos que detectaram e trataram o vírus tão rápido", escreveu o jogador em sua conta do Instagram, sem especificar a duração de sua recuperação.

Aubameyang havia começado no banco de reservas na semana passada na partida de ida contra o Slavia Praga, antes de entrar em jogo durante a partida.

O atacante gabonês de 31 anos assinou recentemente um novo contrato de três anos, após uma temporada um tanto irregular entre 2020-2021. Em março, ele foi deixado no banco no início do clássico contra o Tottenham devido a um problema disciplinar.

Aubameyang marcou nove gols nesta temporada em 25 jogos da Premier League. No ano passado, ele fez 22 gols.

jw/dr/mcd/aam