Atual campeão, Palmeiras busca repetir marca no Paulistão após quase 30 anos

O Palmeiras é o atual campeão paulista (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)


Atual campeão paulista, o Palmeiras inicia neste sábado a sua caminhada em busca do bicampeonato estadual diante do São Bento, às 18h30, no Allianz Parque. A última vez que o Verdão conquistou dois títulos estaduais em sequência já faz quase 30 anos, em 1993 e 1994, na Era Parmalat.

De lá para cá, o Alviverde venceu mais quatro títulos do Campeonato Paulista, mas não foi bicampeão. O time ganhou em 1996, 2008, 2020 e 2022. Ou seja, além de poder encerrar um tabu de quase 30 anos, a equipe comandada por Abel Ferreira pode, ainda, faturar sua terceira taça do torneio em quatro anos.

> Veja a tabela do Campeonato Paulista 2023


> Veja as principais transferências no Mercado da Bola do LANCE!

Antes da dobradinha de 1993 e 1994, o Palmeiras já havia conquistado o bi estadual em outras duas oportunidades. A primeira, em 1926 e 1927 e, depois, quando foi tricampeão em 1932, 1933 e 1934.

Uma das principais apostas de Abel Ferreira nesta edição do Paulistão, o garoto Endrick, de 16 anos, deve começar a competição como titular no ataque. O jogador, inclusive, disse que procura conversar com os jogadores mais experientes do elenco para ouvir conselho.

- Estou sempre resenhando com o Murilo. Outro que converso bastante sobre coisas que vão acontecer no jogo e na vida é o Veiga, um cara que fala para mim sobre o que fazer dentro de campo, os atalhos para fazer uma boa jogada. Tem uma mente boa, agrega muito para mim. Sempre que posso, pego carona com ele, vamos conversando no carro - disse Endrick.

- Já peguei carona com o Zé Rafael também, conversamos bastante. Até eu completar meus 18 anos, não posso dirigir e vou pegar umas caronas e ouvir conselhos (risos) - completou.

O jogador soma sete partidas pelo Palmeiras e já balançou as redes em três oportunidades. Atleta mais jovem a atuar e fazer gol pelo clube em toda a história, Endrick citou os companheiros experientes que mais o ajudam no dia a dia, inclusive nas caronas para voltar para casa.