Atual campeã olímpica e da São Silvestre, queniana cai no doping

A Iaaf, Associação Internacional de Federações de Atletismo, anunciou que a queniana Jemima Sumgong, atual campeã da maratona nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro e da Corrida Internacional de São Silvestre, foi pega no doping.

Durante um teste surpresa realizado com a fundista no Quênia, a atleta testou positivo para EPO (eritropoietina). Caso a segunda amostra comprove o doping, Jemima deverá ser suspensa e pode ter os resultados desqualificados.

“A Iaaf confirma um caso de violação das regras antidoping pela atleta Jemima Sumgong, nesta semana. A atleta testou positivo para EPO (eritropoietina) após um teste sem aviso prévio conduzido pela Iaaf no Quênia”, declarou a entidade em comunicado oficial.

Em 2016, a fundista de destacou no atletismo mundial, conquistando a inédita medalha olímpica para o Quênia na maratona, além de vencer a 92ª Corrida Internacional de São Silvestre e Maratona de Londres.