ATUAÇÕES: Vitor Hugo e Jean falham e comprometem Palmeiras na Bolívia

Thiago Ferri e Alexandre Guariglia

A primeira derrota do Palmeiras na Libertadores (3 a 2 para o Jorge Wilstermann) contou com erros individuais claros. No primeiro gol, Vitor Hugo falhou na bola aérea. No terceiro, Jean errou antes de Prass cometer pênalti, convertido pelos bolivianos. Confira as notas do Verdão:

PALMEIRAS

5,0
Fernando Prass



Teve pouco o que fazer após o erro de Jean, mas se precipitou na jogada do pênalti. Não teve culpa nos outros dois gols do Jorge Wilstermann.

4,5
Jean


Vacilou feio na jogada que desencadeou o pênalti para os bolivianos. Até teve bons momentos no apoio, mas foi mal na marcação.

5,5
Mina


Foi o melhor zagueiro do time e em alguns momentos teve de cobrir espaços no setor. Ainda deu trabalho para os bolivianos no ataque.

4,0
Vitor Hugo


Não vive um bom momento. Errou no primeiro gol e mostrou-se inseguro na sequência da partida. Bem distante do bom futebol de 2016.

6,0
Michel Bastos

Mesmo desacostumado a fazer a lateral, não sofreu jogadas de linha de fundo e marcou melhor do que Egídio e Zé Roberto. Na frente, modesto.

5,0
Thiago Santos

Terminou como o líder de desarmes do Verdão (cinco certos), mas colaborou pouco na saída de bola. Foi substituído no segundo tempo.

5,5
Róger Guedes

Fez um belo gol impedido e apagou após o lance. Cresceu com a entrada de Borja e criou jogadas com o centroavante colombiano.

6,0
Guerra

Autor do primeiro gol, teve atuação irregular. Quase fez um golaço, mostrou a visão de sempre, mas foi o líder em perdas de bola (9).

5,5
Tchê Tchê

Quando carregou a bola como gosta, criou boas jogadas, mas nem sempre teve esta liberdade. Com a saída de Thiago Santos, ficou mais preso.

5,0
Dudu

Cobrou a falta que originou o primeiro gol, mas no restante do jogo fez muito pouco. Jogando mal, acabou substituído por Eduardo Baptista.

5,0
Willian

Apesar da altitude, correu como de costume, mas teve pouquíssimas chances para finalizar. Saiu no intervalo para a entrada de Borja.

5,0
Borja

Participou mais do jogo que Willian, mas na melhor chance que teve tocou para fora. Já são cinco partidas do colombiano sem fazer gols.

6,0
Keno

Deu velocidade pelo lado esquerdo e com seus dribles foi quem trouxe mais perigo no segundo tempo. Cruzou a bola para o segundo gol.

5,5
Raphael Veiga

Entrou atento, e teve participação razoável. A pressa do time para empatar fez com que fosse menos acionado no fim da partida.

5,0
Téc: Eduardo Baptista

Palmeiras pagou mais uma vez pela atuação ruim no primeiro tempo. No segundo tempo, quis acelerar demais o jogo. Não foi boa atuação.

JORGE WILSTERMANN

5,5
Olivares



Quase levou um gol de muito longe, mas não teve culpa nos outros.

6,5
Morales

Fez o gol que abriu o placar e levou perigo nas bolas aéreas ofensivas.

6,5
Alex Silva

Afastou todas as bolas que pôde pelo alto. Partida bastante segura.

5,0
Zenteno

Folclórico, visivelmente fora de forma, deixa espaços até infantis na zaga

5,0
Aponte

Deu uma entrada forte em Guerra e foi mal na marcação pela esquerda

7,0
Machado

Acertou um chutaço na gaveta e deu início a várias jogadas do time.

6,5
Saucedo

Sofreu o pênalti e deu trabalho para a defesa palmeirense.

6,5
Bergese

Um dos melhores em campo no primeiro tempo, mas caiu no segundo.

6,0
Chávez

Tentou cavar um pênalti, arriscou chute perigoso e foi só.

6,5
Cardozo

Fez seu gol de pênalti e ganhou a maioria dos lances no ataque.

6,0
Ríos

Arriscou algumas finalizações sempre que recebeu com liberdade.

5,5
Ortiz

Entrada não mudou o cenário da partida. Atuação regular, sem grande brilho

4,5
Cabezas

Marcou um gol contra inacreditável logo depois de entrar.


Díaz

Ficou pouco tempo em campo.

6,5
Téc: Roberto Mosquera

Tem a altitude a seu favor e soube usá-la com eficiência. Diante dos erros básicos do adversário.







































































E MAIS: