ATUAÇÕES: Réver e Everton são os destaques da primeira final Fla-Flu

Matheus Dantas

O Flamengo largou na frente na decisão do Campeonato Carioca. Enquanto Réver garantiu a tranquilidade na defesa rubro-negra, Éverton foi decisivo na finalização que que deu vantagem contra o Fluminense no próximo jogo. Do lado Tricolor, Renato Chaves - que falhou no tento de Éverton - recebeu a pior nota, com Cavalieri, Henrique e Marcos Jr. se salvando no Fla-Flu. Confira, a seguir, as notas dos jogadores e técnicos pelo LANCE!:

FLUMINENSE

6,0
Diego Cavalieri

Fez uma grande intervenção durante o jogo, ainda com o 0 a 0 no placar. Apesar do domínio do rival, não foi muito exigido.

5,5
Lucas

Sofreu demais no primeiro tempo e acabou envolvido pela dupla Everton e Trauco. Foi mais participativo na etapa final, mas sem grande brilho.

2,0
Renato Chaves

Estava assustado com a presença de Everton e Guerrero desde o início. A insegurança resultou na falha bizarro no gol da vitória do Flamengo.

6,0
Henrique

Cometeu um erro ou outro na saída de bola, mas foi importante na primeira etapa, evitando que o rival ampliasse o placar.

5,5
Léo

Alternou bons e maus momentos durante a partida. Soube aproveitar os avanços de Pará, mas não caprichou na hora do cruzamento.

4,5
Orejuela

Entrou em campo em uma intensidade muito abaixo do que uma final exige. Errou passes perigosos na saída de bola.

6,0
Wendel

Mesmo pressionado pela marcação, mostrou calma para sair jogando. Cansou na segunda etapa e acabou substituído.

5,0
Sornoza

Ficou preso na forte marcação adversária e não conseguiu criar nada no primeiro tempo. Desperdiçou as chances que teve na bola parada.

5,0
Wellington Silva

Não repetiu as ótimas atuações que vinha tendo. No primeiro tempo, por exemplo, marcou mais o Trauco do que atacou.

5,5
Richarlison

Apagado nos 45 minutos iniciais, foi o jogador mais perigoso do Fluminense na volta do intervalo. Não contou com a sorte em chute no travessão.

4,5
Henrique Dourado

A bola não chegou, mas o camisa 9 aceitou a marcação de Réver e acabou o jogo sem criar grande perigo. Poderia ter se movimentado mais.

5,0
Douglas

Pareceu estar um pouco fora de ritmo de jogo. Deu uma vacilada que quase resultou no segundo gol rubro-negro.

6,0
Marcos Junior

Melhorou a movimentação do ataque tricolor, mas não converteu os lances em finalizações.

--

Pedro
Entrou já nos minutos finais do jogo.

5,5
Abel Braga

O time acabou envolvido pelo Flamengo no primeiro tempo. Apesar da melhora após o intervalo, não criou grandes chances para empatar.

FLAMENGO


7,0

Alex Muralha
Foi quase um espectador da partida. Pouco trabalhou durante os 90 minutos e mostrou segurança nas bolas aéreas.

6,0
Pará


Teve uma atuação burocrática. Apareceu algumas vezes no ataque com perigo e cometeu algumas faltas bobas.

8,0
Réver


Atuação impecável do capitão rubro-negro. Seguro na saída de bola e levando ampla vantagem nas bolas aéreas.

7,0
Rafael Vaz


Acompanhou a apresentação segura de seu companheiro, mas sem o mesmo destaque.

6,5
Trauco


Foi importante na transição entre a defesa e ataque rubro-negro. Além disso, foi efetivo na marcação de Wellington Silva.

6,5
Márcio Araújo


Cumpriu o papel defensivo que se espera dele, ocupando o meio-campo e dificultando a armação adversária.

6,0
Rômulo


Deixou o jogo lesionado aos 16 minutos. Enquanto esteve em campo fez boa partida, aparecendo na área adversária.

7,0
Willian Arão


Ditou o ritmo do meio-campo rubro-negro. Como sempre, apareceu com perigo na área rival, mas não finalizou bem

8,0
Éverton


Concentrou as jogadas ofensivas do time de Zé Ricardo. Foi agraciado com o erro de Renato Chaves e abriu o placar com categoria.

5,0
Berrío


Muita correria, pouca produção. Ainda precisa provar o seu valor no Flamengo.
.
7,0
Guerrero


Comandou a marcação alta do Flamengo, incomodando demais a saída de bola do Fluminense. Saiu cansado e ovacionado pela torcida.

6,5
Mancuello


Aumentou o domínio do Flamengo no campo de ataque. No segundo tempo, com espaço, puxou os contra-ataques.

6,0
Leandro Damião


Substituiu o Guerrero. Não teve chance de balançar a rede, mas se entregou na marcação.

5,0
Matheus Sávio


Entrou já nos minutos finais e perdeu uma grande oportunidade de ampliar o placar.

7,0
Zé Ricardo


A marcação alta parece ter surpreendido o rival e deu certo demais na primeira etapa. O time perdeu algumas chances de ampliar o placar.














































































E MAIS: