ATUAÇÕES: Pedro ofusca Cevallos e Barcos em noite de sufoco para o Flu

João Mércio Gomes

O fantasma da eliminação para LDU assombrou os tricolores até os 41 minutos do segundo tempo em Quito. Com uma atuação desastrosa da linha defensiva do Fluminense, o atacante Barcos, velho conhecido dos brasileiros, e o meia Cevallos, um dos melhores em campo, quase garantiram a classificação dos equatorianos. Se não fosse o atacante Pedro, nome do jogo por conta do gol, a situação era outra. Confira as atuações do LANCE! a seguir:

FLUMINENSE



6,0
Júlio César
Não teve culpa alguma nos gols sofridos e, mesmo com a bola rápida,
mostrou segurança nas saídas. Fez duas boas defesas no jogo.

5,0
Lucas

Iniciou bem a partida, com calma e personalidade. Depois, caiu de
produção: não apoiou no ataque e perdeu a maioria das bolas cruzadas.

4,0
Frazan

Inexperiente, sentiu muito a velocidade da bola em seu primeiro jogo
fora do Brasil. Furou algumas e sofreu com os cruzamentos.

3,5
Nogueira

No primeiro tempo, errou tudo. Deixou Barcos livre algumas vezes, e em
uma delas, o atacante marcou. Teve muita dificuldade na marcação.

5,5
Léo

Levou drible em velocidade em um dos gols, mas de resto segurou bem o
ataque adversário. É afobado em alguns lances, mas fez bem seu papel.

4,5
Orejuela

Com a experiência e o conhecimento do adversário, poderia ter dado
mais calma aos garotos da equipe. Ficou sumido a maior parte do tempo.

5,5
Douglas

Sentiu o ritmo do jogo e não conseguiu fazer o que sabe: organizar e dar
opção aos companheiros na frente e atrás. Saiu cansado no 2º tempo.

6,5
Wendel

Foi fominha? Foi. Mas mostra muita personalidade e vontade para
ganhar o jogo, mesmo que na marra. Incansável.

6,0
Gustavo Scarpa

Errou muitos lances como de costume, mas mostrou garra e deu a
assistência no fim da partida. Foi o capitão do time.

4,5
Wellington

Sendo uma das referências do elenco, podia ter chamado a
responsabilidade e acalmado o jogo em alguns momentos. Não foi bem.

4,5
Peu

Teve a missão de substituir o Ceifador e não chegou nem perto. Isolado,
tentou brigar pela bola mas perdeu a maioria. Saiu no intervalo.

7,0
Pedro

Pegou na bola umas cinco vezes em todo o segundo tempo, mas mostrou
oportunismo ao marcar o gol que garantiu a classificação heroica.

5,0
Marlon Freitas

Pediu a bola improvável logo que entrou e, na sequência, viu a LDU
marcar justo no espaço que deixou na defesa. Entrou afobado.

5,5
Robinho

Entrou com calma, segurando a bola, mas ainda falta algo para ser
efetivo. Deu um passe feio no último lance do jogo.

5,5
Abel Braga

A estratégia de inteligência e posse de bola não foi usada pela equipe.
Mexeu mal mas foi presenteado com um gol de Pedro no fim.

LDU



4,5
Nazareno


Foi pouco exigido e ainda deixou escapar a classificação.

5,5
Narváez


Não deixou Wellington e Robinho terem espaço pelo seu lado.

5,0
Salaberry

Levou cartão no início e bobeou no gol sofrido no fim do jogo.

5,5
Tagliapietra


Não deu chances para Peu e foi duro na maioria dos lances.

5,5
Chalá

Não deu espaço para Scarpa organizar o Fluminense e fechou a zaga.

6,0
Vega

É quem organiza a saída de bola da LDU, com qualidade e paciência.

5,0
Intriago


Não acrescentou muito na frente, mas manteve o time organizado.

5,5
Anderson Julio

É rápido e criou bastante perigo pelos lados.

7,0
Cevallos

Organizou o jogo e foi bem: deu assistência e fez o gol em seguida.

5,5
Betancourt

Deu trabalho no primeiro tempo com força e velocidade.

6,5
Barcos

Ganhou todas na disputa com Nogueira mas poderia ter matado o jogo.

5,5
Cárdenas


Entrou e deu uma boa movimentação ao time no segundo tempo.

4,5
Alex Bolaños


Podia ter aproveitado melhor a chance de entrar no fim.

5,0
Quintero

Não conseguiu manter o meio de campo dominado pela LDU.

5,5
Pablo Repetto


Pressionou, conseguiu o resultado mas... foi eliminado.































































































E MAIS: