ATUAÇÕES: Henrique e Calazans são os destaques na classificação do Flu

Matheus Dantas 

O Fluminense fez o que se esperava no Maracanã. Com apoio da torcida, o Tricolor superou o Goiás nesta quarta-feira e avançou às oitavas de final da Copa do Brasil: 3 a 0. Com uma boa atuação coletiva, muitos jogadores receberam boas avaliações do LANCE!. Entre eles, o zagueiro Henrique e Marcos Calazans. Confira, a seguir, as notas para jogadores e técnicos.

FLUMINENSE

7,0
Júlio César

Não foi exigido na primeira etapa, mas apareceu bem quando o Flu vencia o jogo.

6,0
Lucas

Teve problemas na saída de bola no primeiro tempo. Cresceu com o time depois.

7,0
Nogueira

Entrou bem no lugar do Renato Chaves, com boa presença na bola aérea. Fez um gol.

7,5
Henrique

O capitão teve mais uma apresentação segura e foi coroado com o gol.

5,0
Léo

Presença constante no campo de ataque, mas com dificuldade para cruzar.

6,0
Orejuela

Discreto no apoio, com erros bobos e faltas, mas foi importante na defesa.

6,0
Douglas

Ganhou moral de Abel, mas não justificou a titularidade. Foi substituído por Wendel.

6,5
Sornoza

Apesar do pênalti perdido, seguiu buscando o jogo e criou boas oportunidades.

7,0
Wellington Silva

É o destaque do Flu no ano. Sofreu pênalti, deu passe e fez mais um boa partida.

5,5
Richarlison

Disposição de sempre, mas a noite não era dele. Errou passes e vários chutes.

7,0
Pedro

Ficou isolado entre os zagueiros, mas não parou de brigar. Marcou no fim.

7,5
Marcos Calazans

Entrou e mudou a partida. Assistência para o primeiro gol e grandes jogadas.

6,0
Wendel

Entrou no lugar de Douglas e manteve o nível, ajudando na defesa.

6,0
Marcos Junior

Entrou já nos minutos finais e, além da velocidade, não mostrou grande coisa.

7,0
Abel Braga

Time dominou as ações e, com as mudanças, fez o resultado que precisava.

GOIÁS

6,0
Marcelo Rangel

Pegou bem o pênalti na primeira etapa. Apesar das boas saídas do gol, não teve o que fazer para impedir os três gols do Fluminense.

1,0
Tony

Estreia no Goiás e deixa uma péssima impressão. Agressão covarde em Wellington Silva e corretamente expulso.

5,0
Fábio Sanches

Fazia boa partida, mas vacilou na bola aérea nos gols de Nogueira e Henrique. Acabou substituído.

5,5
Everton Sena

Ajudou demais na primeira etapa, cortando vários cruzamentos, mas acabou envolvido no fim.

6,5
Jefferson

Foi bem na marcação, levando a melhor no combate com Richarlison. Tímido no apoio.

5,5
Toró

Apesar da tradicional entrega na marcação, não apareceu no campo de ataque.

5,0
Victor Bolt

Errou passes, complicou a saída de bola e ainda cometeu faltas duras - inclusive o pênalti - na primeira etapa.

6,5
Léo Sena

Foi quem levou o Goiás ao ataque, com bastante qualidade para conduzir a bola. Faltou companhia.

5,5
Tiago Luís

Após um primeiro tempo bom, caiu demais na segunda etapa e saiu.

4,5
Aylon

Surpresa no time titular, não ameaçou o adversário em momento algum.

5,5
Léo Gamalho

Até tentou buscar a bola fora da área, mas não teve a vida facilitada pela boa atuações dos zagueiros.

6,0
Michael

Deu mais movimentação ao ataque e marcou um gol impedido.

6,0
David Duarte

Entrou com o Goiás já batido e não teve muito o que fazer.

5,5
Juan

Foi a última cartada do técnico, mas não conseguiu levar perigo ao gol rival.

6,0
Sílvio Criciúma

Time teve ótima postura defensiva, mas se perdeu quando sofreu o primeiro gol e precisou atacar.





























































































E MAIS: