ATUAÇÕES: Gum fica no chão e Romarinho perde pênalti em Orlando

João Mércio Gomes
LANCE!

O jogo era de pré-temporada e o resultado pouco importa. Abel Braga preferiu usar a partida para testar esquemas e variações. Os reforços que estrearam foram bem, e Robinho mostrou estrela no fim. No entanto, os erros de Gum e de Romarinho decretaram a derrota tricolor nas penalidades. Confira as notas:

Júlio César - 5,5
Quase pegou a bola com a mão fora da área no início, mas se mostrou seguro no restante do jogo. Não teve culpa no gol sofrido e fez uma boa defesa.

Gilberto - 5,5
Mostrou suas características logo na estreia. Habilidoso e forte para chegar ao ataque, mas inseguro na marcação. Ficou no chão no golaço de Lamers.

Gum - 3,5
Errou quase tudo no novo esquema. Lançamentos errados, botes fora de tempo, cartão amarelo e carrinho precipitado no gol sofrido.

Renato Chaves - 6,5
Foi um dos mais tranquilos em campo. Foi bem pelo alto e não teve muito trabalho. Herdou a braçadeira de capitão quando Dourado foi substituído.

Reginaldo - 5,0
Pareceu fora de ritmo em algumas coberturas. Foi substituído no intervalo para troca de esquema tático - que não funcionou bem na primeira etapa.

Marlon - 6,0
Apareceu bem pela ponta esquerda em algumas oportunidades. Terá mais chances para explorar as características ofensivas com o novo esquema.

Richard - 5,5
Mais protegido no novo esquema, teve pouco trabalho na marcação. Bem nos desarmes, como de costume. Saiu machucado no segundo tempo.

Douglas - 4,5
Apagado na maior parte do tempo. Jogou em ritmo lento e poderia ter se apresentado mais na saída de bola. Mas tem prestígio com o treinador.

Sornoza - 4,0
Quase não criou jogadas. Teve que marcar mais no novo esquema e não tinha tempo para rodar a bola. Substituído no intervalo por Robinho.

Marcos Júnior - 5,0
Tentou, correu, mas pouco fez. No segundo tempo, com a mudança de esquema, recuou o posicionamento.

Henrique Dourado - 5,0
Isolado na nova formação, tentou segurar a bola mas não conseguiu. Quase marcou no início do jogo. Pode ser sua última partida pelo Fluminense.

Frazan - 4,5
Teve dificuldades na marcação de Lozano, craque do time.

Ibañez - 6,5
Garoto fez sua estreia e mostrou ser diferente - deu até assistência. Certamente terá espaço em 2018, podendo jogar como zagueiro ou volante.

Jadson - 6,0
Estreou e mostrou ter calma e categoria na saída de bola. Deu um passe bonito no meio de campo e armou a jogada do gol de empate.

Marlon Freitas - 5,0
Teve pouco tempo em campo, mas fez o que se esperava: desarmes.

Robinho - 7,0
Quase não encostou na bola em 45 minutos. Porém, na única boa bola que recebeu, cortou para o meio e fez um lindo gol. Vai crescer em 2018.

Ayrton - 5,0
Teve pouco tempo em campo e quase não encostou na bola. Tentou cavar uma falta no fim e não conseguiu.

Matheus Alessandro - 7,0
Entrou e fez o que sabe: botou fogo no time. Alguns dribles em velocidade pela direita e quase assistência. Ainda levou pancada e saiu com dores.

Romarinho - 4,0
Entrou no fim e fez boa jogada que resultou no gol de Robinho. Até jogar tudo por água abaixo e ser o único a perder pênalti na disputa.

Pedro - 4,5
Entrou no lugar de Ceifador e pouco fez. Lento, não tem condições de ser titular durante toda temporada. Mas pode evoluir e brigar por espaço.

PSV
Com time reserva, abriu o placar com golaço de Lamers e não tentou ampliar o resultado. A entrada de Lozano no fim criou perigos ao Fluminense. Malen foi bem no jogo aéreo e o garoto Mauro Júnior mostrou habilidade. De resto, atuação em ritmo de treino da equipe holandesa.




















































E MAIS:

Leia também