ATUAÇÕES: Fagner se salva em eliminação do Corinthians

LANCE!
·3 minuto de leitura


O Corinthians bem que tentou, mas foi eliminado para o América-MG nas oitavas de final da Copa do Brasil. Os dois laterais do Timão tiveram momentos opostos no jogo. Fagner marcou o gol de pênalti, enquanto Lucas Piton cometeu a penalidade que resultou no gol do Coelho. Veja as notas dos jogadores corintianos e o sobe e desce do Coelho.

América-MG x Corinthians
América-MG x Corinthians

Fagner marcou, de pênalti, o gol do Timão (Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians)

Cássio - 6,0: Fez boas defesas na primeira etapa. Chegou a tocar na bola no lance do pênalti do América-MG.

Fagner - 7,0: Presença constante no ataque, levou perigo em cruzamentos e ultrapassagens na direita. Marcou o gol de pênalti no segundo tempo, batendo firme a penalidade.

Gil - 6,0: Seguro, o zagueiro não assustou a torcida corintiana. Foi para o ataque no fim do jogo e foi importante nas disputas pelo alto.

Marllon - 6,0: Teve bom desempenho defensivo, anulando as jogadas do Coelho. Partida regular, sem grandes sustos.

Lucas Piton - 5,0: Teve dificuldades na marcação e não foi bem no ataque. Cometeu o pênalti ao tocar a mão na bola dentro da área em cruzamento.

Xavier - 6,0: Protegeu bem o sistema defensivo da equipe. Saiu no intervalo para Mancini soltar mais o time, pois precisava da vitória.

Éderson - 5,5: Pareceu perdido no meio-campo do Corinthians, sem saber se atacava ou avançava. Arriscou alguns chutes de fora da área e foi substituído no intervalo do jogo.

Ramiro - 6,0: Esforçado, conseguiu bons lances para o Corinthians no jogo. Porém, falta acertar o último estágio, seja um passe ou uma finalização.

Mateus Vital - 5,5: Começou aberto pela esquerda e passou a atuar mais centralizado depois da saída de Cazares. Criou uma boa chance no começo, mas depois sumiu do jogo.

Cazares - 6,0: Vinha fazendo um bom jogo, tentando organizar o sistema ofensivo da equipe. Saiu machucado na metade do primeiro tempo.

Davó: - 6,5: Não começou bem o jogo, mas cresceu na segunda etapa. Teve uma boa chance de cabeça e sofreu o pênalti convertido por Fagner.

Everaldo - 5,5: O mesmo de sempre. Correu, lutou, se esforçou, mas toma decisões erradas. Precisa caprichar na última decisão.

Gabriel - 6,0: Entrou no intervalo e foi bem. Protegeu a defesa e ainda teve duas chances de marcar no fim do jogo, mas errou nas finalizações.

Cantillo - 6,0: Fez as inversões de jogo como de costume, mas não deu resultado. Precisa criar um repertório melhor se quiser um espaço na equipe titular.

Luan - 5,5: Entrou para tentar dar mais movimentação ao ataque, mas não conseguiu. Precisa ter mais confiança e mobilidade.

Léo Natel - 6,0: Tentou algumas jogadas pelas pontas mas pecou no último passe. Poderia ter tido mais tempo de jogo.

Vagner Mancini - 5,5: Entrou com três volantes mesmo tendo que ganhar o jogo para se classificar. Corrigiu no intervalo, viu o time melhorar, mas não o suficiente para a classificação.

Sobe e Desce América-MG: Sobe / Organização: Comandados de Lisca souberam a hora certa de se defender e atacar o Corinthians. Mostrou boa transição da defesa para o ataque e soube suportar a pressão. Desce / Finalização: Coelho teve chances de construir um placar melhor, mas pecou nas finalizações e nos últimos passes nas chances criadas.