ATUAÇÕES: Diego brilha e comanda o Flamengo contra o San Lorenzo

João P. Granette

Com uma bela atuação no segundo tempo, o Flamengo goleou o San Lorenzo nesta quarta-feira, em partida válida pela fase de grupos da Copa Libertadores. Maestro do time, Diego comandou a equipe na vitória por 4 a 0 e levou a maior nota. Réver, Gabriel, Berrío e Willian Arão também foram bem avaliados. Confira abaixo

FLAMENGO
6,0
Alex Muralha
O goleiro não foi muito exigido durante a partida e pouco trabalhou. Melhores chances do San Lorenzo acabaram finalizadas para fora.

6,5
Pará
O lateral-direito apareceu pouco no setor ofensivo, mas foi muito eficiente na marcação dos pontas argentinos durante os 90 minutos de jogo.

7,5
Réver
Excelente atuação do capitão. Sempre presente para afastar o perigo e impecável nos desarmes, passou segurança para os companheiros

6,0
Rafael Vaz
Zagueiro conseguiu afastar o perigo ao lado de Réver, mas na hora de sair para o jogo foi afobado em algumas oportunidades.

6,5
Trauco
Teve dificuldades na hora de marcar, mas quando apareceu no setor ofensivo acertou um lindo chute e anotou o segundo gol do Flamengo.

6,5
Rômulo
Não esteve tão bem na parte defensiva na etapa inicial. Voltou melhor do intervalo e conseguiu deixar a sua marca, de cabeça.

7,0
Willian Arão
Atento na hora dos contra-ataques do Flamengo, ligando a defesa ao ataque rapidamente. Deu bom passe para Everton carimbar a trave.

3,5
Mancuello
O meia argentino não estava em uma noite inspirada. Mal na marcação, levou cartão amarelo e foi substituído após pancada na cabeça.

8,0
Diego
Cobrou falta com perfeição e balançou as redes de Torrico, marcando o primeiro gol da noite. Deu passe para o gol de Miguel Trauco

6,5
Everton
Muita entrega na marcação pelo lado esquerdo. Na hora de atacar quase marcou no primeiro tempo, mas parou na trave direita de Torrico.

6,5
Guerrero
O peruano foi bem marcado pelos defensores, mas sem a bola abriu espaços para os companheiros chegarem com perigo.

7,0
Berrío
O colombiano entrou ainda na etapa inicial e mudou o estilo de jogo do Flamengo. Muita velocidade pela direita e participou do gol de Trauco.

7,0
Gabriel
Entrou e colocou fogo no jogo. Sofreu um pênalti e teve tempo de deixar sua marca em um lindo gol, batendo colocado, no ângulo de Torrico.

6,0
Márcio Araújo
Entrou na etapa final no lugar de Rômulo e não comprometeu. Fez o que foi pedido pelo técnico Zé Ricardo e segurou o resultado.

6,5
Zé Ricardo
Treinador foi bem na escolha de Berrío ainda na primeira etapa, mudando o estilo de jogo do time com o colombiano.

SAN LORENZO
5,5
Torrico
Mal no lance do gol de Diego, mas pegou um pênalti de Guerrero.

5,5
Diaz
Bem na parte ofensiva, mas deu espaço para o ataque rubro-negro.

6,0
Angeleri
Bem na marcação de Guerrero, afastou a maioria pelo alto.

5,0
Coloccini
Entrou de última hora no lugar de Caruzzo e teve dificuldades.

6,0
Montoya
Não comprometeu na marcação e quase anotou de cabeça.

5,5
Ortigoza

Foi o responsável pela ligação entre a defesa e o ataque.

5,5
Mussis
Não apareceu muito para o jogo, mas foi bem na marcação.

5,0
Belluschi
Esteve apagado na maioria do tempo e pouco criou.

5,5
Botta
Teve pouco espaço para criar as jogadas e foi bem marcado.

6,5
Cerruti
Bem caindo pelas pontas de campo, dando trabalho para Trauco.

5,0
Blandi
Praticamente anulado por Réver, não teve chance de gol.

4,5
Corujo
Entrou no segundo tempo no lugar de Montoya e pouco fez.

5,0

Merlini
Movimentou-se bem, mas não teve chance para marcar.

4,5
Berguessio
Entrou no final da partida e não teve muita participação.

5,0
Diego Aguirre
Time cansou e na etapa final não conseguiu manter.






















































































































E MAIS: