Atuação de árbitro em Barça x PSG mexe com vestiário do Real Madrid

Os jogadores do Real Madrid comentaram com assiduidade antes do treinamento em Valdebebas. A sensação era de desgosto pela sobrevivência do Barcelona na UEFA Champions League e de estranheza pela arbitragem de Deniz Aytekin.

Os madridistas ficaram surpresos com o nível do juiz alemão tratando-se de uma partida do principal torneio continental. Ele cometeu erros decisivos para o desenvolvimento do duelo. Os atletas do time da capital espanhola se lembraram das recomendações que a UEFA deram aos jogadores no início da temporada e compararam com o comportamento da arbitragem no estádio Camp Nou.

Barcelona PSG


(Foto: Getty Images)

Rival ou desgaste
Aos jogadores do Real Madrid, pouco importou a passagem do Barça para as quartas de final. O temor é encontrar um árbitro do mesmo nível nos próximos jogos da competição. No vestiário, havia a ideia de que o Barça, sem a Champions League, seria um inimigo perigoso na reta final de La Liga. As duas equipes chegaram ao final do campeonato com as duas competições nas mãos.

Empurrão anímico
Os jogadores do Real Madrid tampouco desdenharam uma tese: o Barça se converteu em um adversário muito perigoso pelo empurrão anímico na virada histórica. Ninguém havia virado um 4 a 0 na Champions League. Ao mesmo tempo, o time catalão se converteu, ao lado de Bayern e Juventus, no principal rival do Madrid pela luta ao título.

Real Madrid Barcelona La Liga España El Clásico 2016/2017


Real Madrid e Barcelona ainda se enfrentam por La Liga (Foto: Getty Images)

Abril carregado
A eliminatória das quartasa de final, fixada para 11 ou 12 de abril (ida) e 18 ou 19 de abril (volta), coincidirá com o período de maior desgaste do calendário para os Blancos, que recebem o Atlético de Madrid em 8 de abril, e o Barça, em 23 do mesmo mês.